Eurico busca o STJ para evitar que Brandt assuma o Vasco

Dirigente alega que opositor pode provocar uma série de demissão de funcionários

Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, faleceu aos 74 anosEx-presidente do Vasco, Eurico Miranda, faleceu aos 74 anos - Foto: Paulo Fernandes/Vasco

Eurico Miranda entrou nesta quinta-feira (18) com nova ação tentando evitar que a eleição do Conselho deliberativo do Vasco ocorra nesta sexta (19). Em nome do Vasco e de si próprio, o cartola realizou um pedido de tutela provisória à vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça na qual é alegado que, caso Júlio Brandt assuma a presidência do clube, uma série de demissões de funcionários podem ocorrer.

Leia também:
Eurico e candidatos da oposição vão dividir gestão do Vasco
Brant acusa Eurico Miranda de permitir saques no Vasco
Justiça determina que Vasco declare Brant vencedor

O último mandato de Eurico Miranda terminou na última terça-feira (16), apesar das sucessivas tentativas do dirigente reverter a liminar da Justiça que anulou a urna 7 da última eleição do Vasco. Sem ela, Brandt sagrou-se vencedor do pleito.

A partir de quarta-feira (17), a gestão do clube passou a ser compartilhada entre Eurico e os candidatos de oposição, Júlio Brandt e Fernando Horta.

Como é considerado o vencedor da eleição dos sócios à presidência, Brandt deve ratificar sua vitória na reunião do Conselho Deliberativo marcada para sexta-feira.

Ele terá direito a indicar 120 conselheiros, contra 30 de Eurico. Estes 150 se juntarão a outros 150 conselheiros considerados natos, e os dois grupos decidirão juntos quem será o novo presidente vascaíno, que é definido de forma indireta.

Na história do Vasco, nunca ocorreu uma diferença entre os resultados da eleição entre os sócios e os conselheiros.

Veja também

São Paulo tem decisão contra Fortaleza de Rogério Ceni
Futebol

São Paulo tem decisão contra Fortaleza de Rogério Ceni

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal
Fórmula 1

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal