Ex-sãopaulinos estão na mira do Santa Cruz

Até o momento, o Tricolor confirmou apenas a vinda do goleiro Júlio César e do zagueiro Bruno Silva.

Deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC)Deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) - Foto: Jarbas Araújo

 

Descanso para os atletas, trabalho redobrado para os dirigentes. Neste fim de ano, a diretoria do Santa Cruz está disposta a acelerar o ritmo das contratações e iniciar a próxima temporada com uma base montada, visando o Campeonato Pernambucano 2017. O vice-presidente do clube, Constantino Júnior, viajará para o Sul e Sudeste do Brasil com o intuito de trazer mais reforços para o time. Até o momento, o Tricolor confirmou apenas a vinda do goleiro Júlio César e do zagueiro Bruno Silva.
Um dos principais destinos do dirigente será São Paulo, mais especificamente o clube homônimo daquele estado. O Tricolor Paulista apresentou uma lista de atletas que não serão aproveitados em 2017 e alguns deles podem pintar no Arruda. O treinador do Santa, Vinícius Eutrópio, vai analisar os nomes em conjunto com Constantino Júnior.

“Estamos trabalhando 24 horas por dia, buscando no­mes e analisando o perfil de cada um. Muitos já receberam propostas do Santa e estamos aguardando o retorno”, afirmou Eutrópio. A ideia do comandante é ter um elenco com no máximo 30 jogadores, sendo parte desses atletas oriundos das divisões de base. A folha salarial do time também irá reduzir: cairá de R$ 1,3 milhão (valor de 2016) para R$ 650 mil.

Além de confirmar mais reforços, o Santa pretende conseguir renovar os contratos de atletas como o lateral-direito Léo Moura, o zagueiro Danny Morais e o atacante Bruno Moraes. Os salários atrasados e outras dívidas estão travando a permanência do trio.

Recentemente, porém, o Tricolor assegurou um novo vínculo com o lateral-esquer­do Tiago Costa. Vale lembrar que o clube perdeu no final deste ano nomes importantes, como o goleiro Tiago Cardoso, o meia João Paulo e os atacantes Grafite e Keno.

 

Veja também

Guardiola critica Superliga: 'não é esporte'
Futebol

Guardiola critica Superliga: 'não é esporte'

Fifa avisa sobre 'consequências' aos clubes da Superliga europeia
Futebol

Fifa avisa sobre 'consequências' aos clubes da Superliga europeia