Executivo do Santa confirma negociação com goleiro e saídas de contratados

Pandolfo detalhou que o goleiro Luiz Fernando, que recentemente se despediu do XV de Piracicaba, está quase fechado com a Cobra Coral

Nei Pandolfo, novo dirigente do SantaNei Pandolfo, novo dirigente do Santa - Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Ainda é quarta-feira (8), mas a semana tem sido agitada para a direção do Santa Cruz. Precisando lidar com a iminente saída de alguns recém-contratados, no final da última terça-feira (7), o jurídico do clube foi pego de surpresa com o pedido de rescisão por parte do lateral-direito Warley. Para explicar esses e outros assuntos, incluindo o interesse pelo goleiro Luiz Fernando, o Executivo de futebol Nei Pandolfo concedeu entrevista coletiva após a apresentação do lateral-direito Toty.

O executivo detalhou que o goleiro Luiz Fernando, que recentemente se despediu do XV de Piracicaba, está quase fechado com a Cobra Coral. “É um atleta que a gente tem ajustado algumas situações e vamos aguardar até finalizar todos os detalhes. Temos, sim, o interesse. A negociação está bem avançada e vamos esperar para poder oficializar”. Em relação ao nome mais badalado entre os torcedores, Tiago Cardoso, o dirigente preferiu ser mais cauteloso. "A situação dele continua andando e pode acontecer. Vamos aguardar um pouco", disse. Pandolfo informou que o planejamento é ter quatro goleiros no elenco para 2020, incluindo um da base.

No caso das saídas de Julio Romão, Diogo e Pedro Maycon, a versão que os jogadores não agradaram ao treinador Itamar Schülle foi confirmada por Pandolfo. Segundo ele, já surgiram clubes interessados pelo empréstimo. “São atletas mais jovens, que trouxemos como apostas... e nesse período de treinamento, não tiveram o rendimento desejável. Tivemos uma conversas com esses jogadores e seus representantes, mostrando que era melhor estarem jogando, em atividade por outros clubes, já que não teriam espaço aqui. Algumas situações já estão acontecendo (de clubes interessados).”

A perspectiva atual do Santa sobre Warley é diferente. Apesar da rescisão requisitada, a ideia é permanecer com o lateral-direito, visto que a direção entende ter cumprido todas as obrigações. “O nosso departamento jurídico está tomando pé da situação, mas o clube está protegido de suas demandas e com todas as obrigações cumpridas. O atleta se apresenta normalmente e vamos dar sequência ao trablho dele. Vamos dar apoio ao jogador, que é importante para o clube, bom profissional e está no início da carreira. O que a gente puder ajudar nesse sentido, para que ele siga sua carreira no Santa Cruz, vamos fazer. É nossa ideia”, afirmou. Warley era aguardado no treinamento marcado para esta tarde no CT Ninho das Cobras, entretanto, não apareceu. O clube espera o posicionamento do atleta pela falta.

Leia também:
Apresentado, Didira exalta projeto do Santa Cruz
Santa atropela Guarulhos e assegura classificação na Copinha

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno