Executivo do Sport demonstra preocupação com perda técnica em retorno ao futebol

Em reunião, dirigente destacou que apenas treinos físicos não são suficientes em retorno aos campeonatos pós-pandemia

Lucas Drubscky, executivo de futebol do SportLucas Drubscky, executivo de futebol do Sport - Foto: Ed Machado

Enquanto a confirmação de novas datas do futebol brasileiro é uma realidade longínqua em meio à pandemia, clubes e federações se movimentam para acelerar o retorno às atividades de maneira gradual, sem desrespeitar as normas de saúde. Em vídeo-conferência realizada na tarde desta segunda-feira, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) comunicou aos dirigentes que planeja se inspirar no protocolo adotado pelas ligas da Alemanha e da Bélgica, onde os treinamentos, inicialmente, envolvem trabalhos físicos sem contato entre os atletas.

Leia também:

Com dias contados no Grêmio, André foi sondado pelo Sport

Sport tenta manter parceiros e inova na busca por receitas 

O executivo de futebol do Sport, Lucas Drubscky, que estava presente na reunião, demonstrou preocupação com a perda técnica dos atletas. “Os treinamentos técnicos e táticos são imprescindíveis para uma equipe de futebol. Não consigo ver o reinício da competição apenas com os treinos físicos. Seria quase impossível”, opinou o dirigente. As atividades do clube rubro-negro estão paralisadas, após as férias dos atletas serem estendidas por mais 10 dias na semana passada. Os leoninos, ainda assim, seguem treinando isolados em suas casas, até este momento de indefinição ser resolvido.

Na Alemanha, os clubes foram liberados pela federação alemã (DFB) para treinar a partir do dia 6 de abril. Por lá, os jogadores treinam separados em grupos de cinco, sem qualquer contato, respeitando o distanciamento social de 2 metros um para o outro. Uma reunião na próxima quinta-feira irá definir se a primeira e segunda divisões retornam no início de maio.
 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Covid começa a tirar algumas estrelas dos Jogos de Tóquio
Jogos Olímpicos

Covid começa a tirar algumas estrelas dos Jogos de Tóquio

Wanderson de Oliveira estreia com vitória no boxe até 63kg
Jogos Olímpicos

Wanderson de Oliveira estreia com vitória no boxe até 63kg