Experiência e juventude vão caminhar juntas em 2019

Márcio Goiano promete manter o equilíbrio entre jovens e peças de maior bagagem no elenco do Náutico em 2019

Márcio Goiano, técnico do NáuticoMárcio Goiano, técnico do Náutico - Foto: Paullo Allmeida/Arquivo Folha

Ainda em processo de montagem do elenco, o Náutico quer mesclar experiência e juventude para montar o grupo que tentará o bicampeonato estadual, quebrar o tabu de nunca ter ganhado a Copa do Nordeste, chegar longe na Copa do Brasil (aumentando a verba com os avanços de fase) e alcançar o sonhado acesso à Série B.

“Os dois pontos são importantes. O Náutico mostrou neste ano a capacidade de aproveitar jogadores jovens, alguns deles da base, e vamos utilizá-los cada vez mais em 2019. Além disso, queremos nomes experientes, com liderança positiva, ajudando a chamar a responsabilidade nos momentos difíceis”, afirmou o técnico Márcio Goiano.

Entre os mais velhos, destaques para o lateral-esquerdo Assis (32), o volante Josa (34), o meia Wallace Pernambucano (31) e o atacante Ortigoza (31), artilheiro do clube na temporada, com 12 gols. Desse quarteto, os três primeiros permanecem no grupo, enquanto o último deixou o Timbu após o final da Série C.

Quanto aos jovens, despontaram para o cenário nacional o meia Luiz Henrique (20) e o atacante Robinho (21). A dupla formada nas categorias de base do Náutico fechou a Série C em alta e atualmente estão emprestados para Bahia e Goiás, respectivamente. O goleiro Bruno (24) teve sua primeira temporada inteira como titular. O lateral Bryan e o meia Dudu, ambos de 22 anos, deixaram o grupo após a Série C.

Leia também:
Últimos acessos do Náutico provam diferencial do ataque
Náutico pode ter marca própria em abril

Veja também

Conmebol define datas de rodada tripla das Eliminatórias em outubro
Eliminatórias

Conmebol define datas de rodada tripla das Eliminatórias em outubro

Sem lesão, Sabino viaja e reforça Sport contra o Galo
Sport

Sem lesão, Sabino viaja e reforça Sport contra o Galo