Experiências em nove países e no Nordeste: Robert é do Santa

Novo reforço contratado pelo Santa Cruz, centroavante é candidato à camisa 9 e também é o mais velho do elenco, com 37 anos de idade

Robert marcou história no FortalezaRobert marcou história no Fortaleza - Foto: Lucas de Menezes/Diário do Nordeste

O currículo de Robert, 26º reforço oficializado pelo Santa Cruz, fala por si só. A bagagem do veterano atacante, de 37 anos de idade, é extensa. Construiu boa parte da sua longa carreira profissional no futebol internacional. Passou por nove países diferentes: Atlas, Monterrey, Estudiantes Tecos, América e Necaxa (México), PSV (Holanda), Real Betis (Espanha), Kawasaki Frontale (Japão), Al Ittihad FC (Arábia Saudita), Servette (Suiça), Spartak Moskva (Rússia), Gzira United (Malta) e Jeju United (Coreia do Sul).

Leia também: 

26º reforço: Santa contrata Robert, centroavante experiente 

Carência antiga de centroavante faz Santa sofrer com falso 9 

Santa Cruz usa falso 9 e sente carência de centroavante 

Direção do Santa promete contratar dois centroavantes 

Além da rodagem pelo exterior, o centroavante carrega passagens pela região Nordeste: Bahia (2011), Ceará (2012), Fortaleza (2013-2014), Sampaio Corrêa/MA (2014) e Vitória (2015). Em 2014, quando defendia o Tricolor do Pici, terminou a temporada no top3 de artilheiros do Brasil, com 31 gols. O Santa é o sexto clube nordestino da trajetória do atacante, que chega ao Arruda para disputar o Campeonato Brasileiro da Série C e a Copa do Nordeste. Seu contrato é até o fim da competição nacional. Ele também defendeu outros grandes times do futebol brasileiro: Coritiba, Palmeiras, Cruzeiro, Paraná e Avaí.

Com a carência de um camisa 9 no elenco, Robert tem o desafio de se firmar como homem de referência do ataque. A saída de Vinícius - único centroavante que rescindiu contrato com o clube após uma curta e apagada passagem de apenas dois meses (dez jogos e nenhum gol marcado), escancarou a falta de um atleta com status de matador.

A contratação de Robert faz o lateral-direito Vítor e o meia Daniel Sobralense, ambos com 35 anos, perderem o posto de jogadores mais veteranos do grupo. Isso porque o novo reforço tem 37 anos e passa a ser o atleta com a idade mais elevada no Arruda. A experiência do recém-contratado traz mais "peso" para o time do Santa Cruz. 

Veja também

Alison e Álvaro Filho entram em quadra no Circuito Brasileiro motivados pela paternidade
Vôlei de praia

Alison e Álvaro Filho entram em quadra no Circuito Brasileiro motivados pela paternidade

Marcos Vinícius é regularizado e pode estrear diante do Cruzeiro
Futebol

Marcos Vinícius é regularizado e pode estrear diante do Cruzeiro