Fagner tem primeiro teste para abrir vantagem em concorrência com Mariano

Substituto do suspenso Daniel Alves, o lateral direito foi fundamental no esquema armado pelo técnico na campanha do título do Corinthians no Campeonato Brasileiro de 2015

Fagner substituirá Daniel Alves, cortado por lesãoFagner substituirá Daniel Alves, cortado por lesão - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Mais do que a sua estreia como titular da seleção brasileira, Fagner terá nesta terça-feira (28), diante do Paraguai, a oportunidade de mostrar que merece a confiança que já tem de Tite.

Substituto do suspenso Daniel Alves, o lateral direito foi fundamental no esquema armado pelo técnico na campanha do título do Corinthians no Campeonato Brasileiro de 2015.

Na opinião dele, mais do que a confiança que tem de Tite por terem trabalhado juntos, o que motiva a sua chamada é a manutenção do bom nível na equipe paulista.

Eleito diversas vezes o melhor dos campeonatos que participou, ele tem sido presença constante na lista do novo treinador e chegou a estar entre os possíveis participantes da Copa América com Dunga. "Não tem favoritismo (por ter jogado no Corinthians). O importante é eu manter o bom nível no Corinthians", afirmou.

Fagner, no entanto, sabe que a concorrência pela vaga de reserva de Daniel Alves está acirrada com o crescimento de Mariano. O lateral direito do Sevilla tem sido observado de perto por Tite. Não à toa, o técnico preferiu chama-lo mesmo com a complicada logística de convocar um atleta que não está no país de um dia para o outro. A opção mais fácil seria a chegada de Marcos Rocha, do Atlético-MG, que mostrou, agora, estar atrás na lista de concorrência.

O corintiano diz que vê a pressão como normal e aponta que isso faz parte de sua rotina como jogador de futebol. "Pressão a gente vive todo dia, eu jogo em um clube hoje que você é pressionado constantemente. Vou procurar curtir cada momento, cada segundo e vou deixar a pressão de lado".

Veja também

Sem vencer fora há mais de três meses, Sport também vive jejum contra Corinthians
Sport

Sem vencer fora há mais de três meses, Sport também vive jejum contra Corinthians

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial