Feliz com o espaço, Rafael Marques sonha alto no Sport

Atacante Rafael Marques atuou em sete jogos, todos como titular. O jogador afirma que o Sport pode brigar na parte de cima da tabela do Brasileirão

Rafael Marques, atacante do SportRafael Marques, atacante do Sport - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Sem espaço no Cruzeiro, seu último clube, o atacante Rafael Marques viu no Sport uma excelente oportunidade de voltar a jogar num time da elite nacional. Aos 35 anos, quanto mais tempo parado seria pior para o condicionamento físico do jogador. Com pouco mais de um mês de Ilha do Retiro, Rafael Marques vem sendo titular absoluto no ataque leonino, participando de sete jogos pelo Sport, todos entrando como titular. Ele também marcou um gol com a camisa rubro-negra, na vitória por 3x2 contra o Palmeiras, em São Paulo.

Leia também:
Magrão estende contrato e fica no Sport até o fim de 2019
Boa fase aumenta concorrência no meio de campo do Sport
Desgastado, Sport vai aproveitar folga com a Copa do Mundo
Reforços? Meta do Sport é manter elenco e salários em dia

Feliz com a escolha que fez na carreira, o jogador também se mostrou satisfeito com o que o time vem rendendo até agora no Brasileirão 2018, ocupando a sétima colocação geral, com 19 pontos. “Diziam que o Sport estaria brigando para não cair. É verdade que tem muita coisa para acontecer ainda no campeonato, mas estamos demonstrando que o futebol é resolvido dentro de campo. A cada partida temos que entrar como uma final. Essa é a identidade da nossa equipe e isso vem dando resultados. Hoje, podemos falar que o Sport tem que ser respeitado e pode brigar em cima da tabela”, disse Rafael Marques, em entrevista ao site oficial do Sport.

Assim que desembarcou no Recife, o atacante deixou claro que gosta de atuar caindo pelas beiradas e não como atacante de referência. Porém, com a carência do elenco do Sport nessa função de centroavante, o técnico Claudinei Oliveira vem escalando o jogador desta forma. Compreensivo, Rafael Marques afirma entender a situação do Leão. “Para mim, no geral, está sendo positivo (como avalia o seu desempenho). Estou me doando ao máximo para a equipe. É óbvio que gostaria de estar marcando mais gols. Só que fazia muito tempo que não atuava como centroavante. Estou me readaptando a uma posição, mas estou me sentido bem. Quero ajudar mais, quero e devo evoluir mais”, finalizou.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8