Esportes

FEP promove escolas de equitação nas férias

Escolinhas são realizadas no Caxangá Golf Country & Club, no Recife, e no Centro Hípico Zona Sul, em Jaboatão dos Guararapes

No discurso de agradecimento, Flávio Leandro afirmou que estava muito feliz com a homenagemNo discurso de agradecimento, Flávio Leandro afirmou que estava muito feliz com a homenagem - Foto: Arthur Marrocos

Modalidade em que atleta e animal formam um conjunto, com homens e mulheres competindo em igualdade de condições, o hipismo é um esporte de muita tradição e resultados expressivos no Estado. Pensando na renovação constante de atletas, a Federação Equestre de Pernambuco (FEP) promove a realização de escolas de equitação e cursos de férias nos clubes hípicos voltados para aqueles que têm interesse em conhecer e experimentar a prática, visando incentivar e atrair novos cavaleiros.

As escolinhas são realizadas no Caxangá Golf Country & Club, no Recife, e no Centro Hípico Zona Sul, em Jaboatão dos Guararapes. No Caxangá, as aulas iniciam no dia 2 de janeiro, e no Centro Hípico Zona Sul no dia 4.

“A escola de hipismo gera um estímulo muito grande para as crianças, ensina a ultrapassar barreiras, vencer medos, superar limites. Faz com que elas aprendam a importância de saber ganhar e perder porque elas passam a disputar competições. Além de desenvolver a parte física, a atividade hípica acaba trazendo um aspecto importante, que é o lado emocional, mais humano dos atletas”, afirmou o vice-presidente da Federação Equestre de Pernambuco, Gustavo Rabelo.

O hipismo pernambucano sempre se destacou como um dos mais importantes celeiros da modalidade. Em 2016, os representantes do Estado conquistaram títulos relevantes em competições interestaduais, regionais, nacionais e internacionais. O cavaleiro João Marcelo Santos foi líder do ranking brasileiro na categoria Pré-Mirim.

Na Copa Hyundai, realizada em Curitiba, e na Copa JK, em Brasília, o prodígio Henrique Maranhão sagrou-se campeão e vice-campeão, respectivamente. Na disputa do Campeonato Sul-Americano, Henrique conquistou o primeiro lugar individual e o cavaleiro Paulo Miranda, que já coleciona inúmeras conquistas, faturou o vice-campeonato por equipes na categoria Júnior.

Além dos veteranos nos torneios, os jovens atletas das categorias de base também brilharam. Guilherme Barros Lins terminou o ano em primeiro lugar no ranking Norte-Nordeste na categoria Mini-mirim, Maria Luiza Duque Poggi faturou o primeiro lugar do pódio no Campeonato Pernambucano na categoria Escola Principal, e Clara Duque Poggi, além de campeã norte-nordeste, chegou ao fim de 2016 como líder do ranking estadual.

Veja também

Fluminense, Flamengo e Corinthians avançam na Copa do Brasil
Futebol

Fluminense, Flamengo e Corinthians avançam na Copa do Brasil

Regularizado, Denis fica à disposição de Claudinei para pegar o Tombense
Sport

Regularizado, Denis fica à disposição de Claudinei para pegar o Tombense