Ferj convoca trio e pode mudar local de jogo do Vasco

Reunião foi marcada por conta de impasse envolvendo Eurico Miranda e opositores

Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, faleceu aos 74 anosEx-presidente do Vasco, Eurico Miranda, faleceu aos 74 anos - Foto: Paulo Fernandes/Vasco

A instabilidade do clima político do Vasco pode tirar a estreia do time no Campeonato Carioca de São Januário. Sem um entendimento entre Eurico Miranda e seus opositores sobre responsabilidades e operação da partida após o fim do mandato do polêmico cartola -e a decisão da Justiça por uma gestão compartilhada-, o jogo pode ser transferido para o estádio Engenhão.

O presidente da Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), Rubens Lopes, convocou Eurico, Júlio Brant e Fernando Horta para uma reunião na sede da entidade a fim de definir o impasse.

Representantes de Júlio Brant, opositor e vencedor da eleição de novembro, procuraram a Ferj para resolver a situação após Eurico informar que não havia condições de assumir um jogo em São Januário.

"Quem paga o bilheteiro, o catraqueiro, o quadro móvel, a ambulância? Eu não vou assumir essa responsabilidade. E eu não governo com três. Muito difícil esse jogo ser realizado amanhã [quinta]", ameaçou Eurico Miranda.

Ao mesmo tempo, o outro grupo político já buscava um diálogo com a Ferj, que ofereceu até mesmo a operação móvel da partida.

Veja também

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado
UFC

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado

Com um pé na segunda fase, Santa Cruz visita o abalado Imperatriz/MA
Série C

Com um pé na segunda fase, Santa Cruz visita o abalado Imperatriz/MA