Fifa prorroga punição de Del Nero por mais 45 dias

Cartola está afastado de qualquer atividade ligada ao futebol por ser acusado de atuar em esquema de corrupção

Marco Polo Del NeroMarco Polo Del Nero - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Comitê de Ética da Fifa ampliou a suspensão a Marco Polo Del Nero por mais 45 dias de qualquer atividade relacionada ao futebol. A entidade já havia suspendido o dirigente provisoriamente por 90 dias, em 15 de dezembro. O vencimento da punição anterior ao cartola, portanto, ocorreria nesta quinta-feira (15).

Del Nero vem sendo investigado pela Justiça dos Estados Unidos sob a acusação de integrar esquema de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos de transmissões televisivas de competições da América. O Comitê de investigação da Fifa concluiu a investigação sobre o Del Nero nesta semana. Com a prorrogação da punição, a Fifa terá mais tempo para apresentar a acusação contra Del Nero, assim como a defesa do cartola ganhará tempo para defesa.

A defesa de Del Nero será mantida, alegando que o cartola é inocente e que não há prova de que ele tenha recebido dinheiro oriundo de contratos televisivos. O dirigente permanece no Brasil. Como não há acordo internacional entre os dois países, Del Nero não tem participado dos depoimentos à Justiça norte-americana, em Nova York.

Leia também:
Mesmo banido, Del Nero recebe dirigentes e articula eleição
Del Nero ignora punição da Fifa e promete voltar à CBF
Marco Polo Del Nero alega inocência em depoimento à Fifa

Veja também

Oposição anuncia chapa de candidatura às eleições do Santa Cruz
Eleições

Oposição anuncia chapa de candidatura às eleições do Santa Cruz

Favorito à presidência do Barcelona quer volta de Guardiola ao clube
Futebol

Favorito à presidência do Barcelona quer volta de Guardiola ao clube