Fifa se opõe a jogo do Campeonato Espanhol disputado nos EUA

A partida da LaLiga entre Barcelona e Girona, por exemplo, está marcada para acontecer em Miami em 2019

O Real Madrid vive momento de crise no Campeonato EspanholO Real Madrid vive momento de crise no Campeonato Espanhol - Foto: ANDER GILLENEA / AFP

A Fifa se posicionou contra a realização da partida entre Girona e Barcelona nos Estados Unidos, válida pelo Campeonato Espanhol, segundo confirmação do presidente Gianni Infantino nesta sexta-feira (26).

"Seguindo uma petição de orientação da Federação Espanhola, US Soccer e Concacaf... O Conselho recalca o princípio esportivo pelos quais os jogos de um campeonato local devem ser disputados dentro do território do respectivo membro da Fifa", afirmou Infantino em coletiva de imprensa.

"O Conselho tem uma posição muito clara a respeito", acrescentou o mandatário ao encerrar o Conselho da entidade.
Leia também:
Campeonato Espanhol assina acordo para ter jogos nos EUA

As declarações são contrárias aos planos do presidente da LaLiga, Javier Tebas, que mostrou-se determinado a continuar os planos para realizar o jogo nos EUA. O confronto está programado para 26 de janeiro de 2019, em Miami.

Os estatutos da Fifa estabelecem o poder de bloquear os planos da LaLiga, podendo tomar a "decisão final sobre a autorização de qualquer jogo internacional ou competição".

Tebas afirmou no último final de semana que a oposição ao jogo nos EUA, desejado pelos clubes envolvidos, é "cultural".

O Real Madrid demonstrou seu desacordo com a ideia, assim como o sindicato de jogadores espanhóis (AFE) e a própria Federação Espanhola.

Veja também

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'
Sport

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência
Náutico

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência