Fórmula 1

Filho de Schumacher vai pilotar Alfa Romeo em treinos livres do próximo GP de F1

Piloto é o atual líder da Fórmula 2 e faz parte da academia de jovens pilotos da Scuderia

Mick SchumacherMick Schumacher - Foto: Divulgação

A Ferrari confirmou que Mick Schumacher vai participar pela primeira vez de uma sessão de treinos livres na Fórmula 1, o que vai acontecer na próxima etapa, o GP de Eifel, na Alemanha, na pista de Nurburgring. O alemão, que é atual líder da Fórmula 2, principal categoria de acesso, e faz parte da academia de jovens pilotos da Scuderia, vai pilotar uma Alfa Romeo.

Schumacher é fortemente cotado para ficar com uma das vagas da Alfa na próxima temporada. O time ainda não divulgou nenhum de seus dois pilotos, e tem uma vaga que é de indicação da Ferrari devido à parceria entre as duas equipes. O filho de Michael Schumacher já andou com um carro atual de F1, nos testes coletivos do Bahrein, no começo do ano passado.


Mas a Scuderia, que vem tendo uma temporada decepcionante, tem pelo menos um bom problema para resolver: dois outros pilotos da academia que estão na Fórmula 2 vêm tendo um ótimo desempenho e também buscam uma vaga na F1 ano que vem. O britânico Callum Ilott é vice-líder do campeonato, com três rodadas duplas para o fim, e é outro que terá uma chance de mostrar serviço em Nurburgring. Ele vai pilotar pela Haas na primeira sessão de treinos livres.

Quinto no campeonato e fazendo seu ano de estreia na F2 depois de ter sido campeão da F3 ano passado, o russo Robert Shwartzman também terá sua chance, mas somente na última prova, em Abu Dhabi. É possível que a equipe Haas, que também é parceira da Ferrari, contrate pela primeira vez um piloto jovem para sua equipe, ou seja, Ilott e Shwartzman poderiam estar lutando diretamente por essa vaga. Os três pilotos vão se preparar andando com o carro de 2018 da Ferrari amanhã em Fiorano, na Itália.

Durante o final de semana do GP da Rússia, Laurent Mekies, diretor esportivo da Ferrari, disse que a Scuderia não tinha pressa para definir o futuro de seus pilotos da academia. Os italianos têm em seu time dois brasileiros, Enzo Fittipaldi, que fez a temporada da F3 neste ano e tem chances de aparecer na F2 ano que vem, e Gianluca Petecof, que está dominando o campeonato da F3 Regional, em que está numa disputa direta com Arthur Leclerc, irmão de Charles e também membro da academia ferrarista.

Veja também

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado
Futebol

Champions League abre nova década com favoritismo espanhol no passado