Esportes

Filipinho brilha no Oi Rio Pro e fatura bi consecutivo

Paulista derrotou o sul-africano Jordy Smith na decisão e subiu para a terceira colocação no ranking de 2019

Filipe Toledo exibe o troféu do Oi Rio Pro Filipe Toledo exibe o troféu do Oi Rio Pro  - Foto: Damien Poullenot/Getty Images/WSL

O paulista Filipe Toledo, de 24 anos, voltou a brilhar na etapa brasileira do Championship Tour (CT) de surfe ao conquistar, neste domingo (23), o tricampeonato do Oi Rio Pro. Ele bateu o sul-africano Jordy Smith na decisão por 18.04 x 8.43. Esse foi o primeiro título de Filipinho em 2019. Até então, o melhor resultado dele na temporada havia sido em Bells Beach, na Austrália, onde terminou na segunda posição. Com o resultado no Rio, ele subiu para a terceira posição, atrás apenas do norte-americano Kolohe Andino e do havaiano John John Florence, que ainda lidera apesar de ter abandonado o Oi Rio Pro nas quartas de final por conta de uma lesão sofrida no round anterior.

O show de surfe de Filipinho em Saquarema contou com vitórias em cima de Kelly Slater (EUA), Kanoa Igarashi (JAP) e Frederico Morais (POR) antes do ápice, na decisão. Contra Jordy Smith, que despachou Kolohe Andino na semi, Filipinho foi cirúrgico. Depois de alguns minutos observando o mar, levou a torcida ao delírio a emendar um pequeno tubo com um aéreo e uma batida. Arrancou um 9.37 que deixou o caminho aberto para o título. Jordy respondeu com um 6.50, mas Filipinho liquidou na sequência, com um 8.67 que deixou o adversário em combinação.

Esse é o segundo título de Filipinho em Saquarema, mas o terceiro no Brasil. Em 2015 ele se sagrou campão na Barra da Tijuca. O próximo evento do CT 2019 será na África do Sul, na tradicional etapa de Jeffrey’s Bay, na qual Filipinho também defenderá o posto de atual campeão. O evento acontece entre os dias 9 e 22 de julho.

Medina
O bicampeão mundial Gabriel Medina foi eliminado do Oi Rio Pro 2019 neste domingo (23), na fase de quartas de final. Ele vencia a bateria contra o norte-americano Kolohe Andino até os minutos finais, quando o adversário arrancou um 7.33 e conseguiu a virada. Mesmo assim, o resultado ajudou Medina a subir na classificação, passando da 12ª para a oitava colocação. Já o potiguar Italo Ferreira, que era terceiro, caiu para a sexta colocação após a queda no round de 32 atletas.  

Feminino
 Entre as mulheres, quem conquistou o título no Rio foi a australiana Sally Fitzgibbons, que venceu a havaiana Carissa Moore na decisão por 14.64 x 12.57. Com o resultado, Sally assumiu a liderança do ranking, com 32.580 pontos, seguida por Carissa, com 31.175. A australiana Stephanie Gilmore, eliminada na semi por Carissa, caiu da primeira para a terceira posição, com 30.320. As brasileiras Silvana Lima (CE) e Tatiana Weston-Webb (RS) foram eliminadas nas quartas de final. Tati ganhou duas posições com a campanha, aparecendo em sétimo, com 22.510 pontos, enquanto Silvana segue na 14ª posição, com 14.190.  

Veja também

Com presença do fundador e bicampeão da São Silvestre, Corrida das Pontes chega à 19ª edição
Corrida das Pontes

Corrida das Pontes contará com fundador e bicampeão da São Silvestre; veja detalhes

Seleção brasileira ficará no resort mais luxuoso da Disney na preparação para a Copa América
FUTEBOL

Seleção brasileira ficará no resort mais luxuoso da Disney na preparação para a Copa América

Newsletter