Fina estuda mudar datas do Mundial de natação

Com o adiamento da Olimpíada, a Fina se mostrou disposta a mudar as datas de sua principal competição

Por conta de Olimpíada, Mundial de natação foi remarcadoPor conta de Olimpíada, Mundial de natação foi remarcado - Foto: AFP

A Federação Internacional de Natação (Fina) irá consultar seus parceiros para "estudar uma revisão das datas" do próximo Mundial, previsto para o verão europeu de 2021, mesmo período dos Jogos de Tóquio, adiados e que serão disputados de 23 de julho a 8 de agosto do ano que vem.

O Mundial de natação de 2021 estava programado para acontecer entre 16 de julho e 1º de agosto, também no Japão, mas em Fukuoka, no sul do arquipélago japonês.

"A Fina comemora as novas datas dos Jogos de Tóquio e a clareza que trazem", declarou a entidade em comunicado, no qual seu presidente, Julio Maglione, elogiou a "rapidez" e o "profissionalismo" de Tóquio-2020 e do COI para tomar a decisão.

"Já saber estas datas é de uma grande ajuda para as federações e os atletas", continuou.

"A Fina agora se concentrará na organização do Mundial para estudar uma revisão das datas previstas. Consultará todas as partes envolvidas; atletas, técnicos, federações nacionais, detentores dos direitos de transmissão e patrocinadores para determinar a solução mais apropriada", completou.

Desde o anúncio do adiamento dos Jogos de Tóquio, na semana passada, a Fina se mostrou disposta a mudar as datas de seu Mundial para abrir uma brecha no calendário de 2021 para o evento olímpico.

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz