Futebol

Final da Libertadores contará com dois pernambucanos e craques que despontaram no Estado

Entre Lucas Lima e Marinho, Pernambuco terá velhos conhecidos na final continental

Destaque no Santos, Marinho passou pelo Náutico em 2014Destaque no Santos, Marinho passou pelo Náutico em 2014 - Foto: Twitter/Náutico

A decisão da Libertadores entre Santos e Palmeiras marcará história. Não apenas é a primeira final disputada em jogo único sediado no Brasil, como será entre dois times brasileiros – o que não acontecia desde 2006, quando o Internacional conquistou a América em cima do então campeão São Paulo.

Os clubes paulistas duelam no Maracanã no próximo sábado (30) e, entre os times, dois pernambucanos e mais alguns personagens que atuaram no futebol local estarão na disputa pelo título continental. Confira:

Em 2016, Rony teve boa passagem pelo Náutico antes de se transferir para o futebol japonêsEm 2016, Rony teve boa passagem pelo Náutico, antes de ir para o futebol japonês. Foto: Twitter/Náutico

Rony

Hoje craque da Libertadores pelo Palmeiras, Rony teve passagem pelo Náutico, em 2016, emprestado do Cruzeiro – clube onde atuou em apenas três jogos. Pelo Timbu, Rony entrou em campo 51 vezes, marcando 14 gols. O ponta ainda seria emprestado novamente para o Albirex Niigata, do Japão, antes de passar por Athletico Paranaense, em 2018, até chegar no Palmeiras, em 2020. Nesta edição da Libertadores, Rony já acumula 5 gols e 7 assistências pelo Verdão.

Emprestado pelo Inter, Lucas Lima jogou no Sport em 2013Lucas Lima atuou pelo Sport em 2013, emprestado pelo Internacional. Foto: Reprodução/YouTube

Lucas Lima

O meia de 30 anos foi emprestado ao Sport pelo Internacional na temporada de 2013. Pelo Leão, Lucas atuou em 48 partidas, marcou 7 gols e foi um dos destaques rubro-negros na campanha do acesso à Série A. Após a boa temporada no Leão, o meia foi negociado para o Santos, onde passou quatro anos e viveu o melhor momento da sua carreira. Desde 2018 no Palmeiras e recebendo o maior salário do elenco, o jogador ainda não conseguiu replicar as boas atuações dos tempos de Vila Belmiro e vem sendo muito criticado pela torcida desde então.

Luan Peres passou pelo Arruda em 2016Luan Peres passou pelo Arruda em 2016. Foto: Twitter/Santa Cruz

Luan Peres

O zagueiro do Peixe teve passagem curta pelo Santa em 2016, atuando em 16 partidas. Atualmente ele pertence ao Club Brugge, da Bélgica, e está emprestado ao Santos desde 2019.

Destaque no Santos, Marinho passou pelo Náutico em 2014Com apenas um gol em 23 jogos, Marinho atuou pelo Alvirrubro em 2014. Foto: Twitter/Náutico

Marinho

Mais um com passagem pelo Náutico, Marinho vestiu a camisa alvirrubra em 23 partidas no ano de 2014, marcando apenas um gol pelo time dos Aflitos. Ele ainda passou por Ceará e Cruzeiro, na sequência, antes de despontar no Vitória, em 2016, onde marcou 21 gols em 43 jogos. Após passagens apagadas na China e no Grêmio, o atacante se encontrou no Santos e atualmente ocupa a artilharia do Brasileirão, com 16 gols – além dos quatro que já marcou pelo Peixe na Libertadores

Jobson teve passagem pelo Náutico entre 2017 e 2018Jobson tatuou o troféu do Pernambucano de 2018 após ajudar o Timbu a acabar com a seca de títulos. Foto: Twitter/Náutico

Jobson

O meia jogou um total de 34 partidas pelo Náutico entre 2017 e 2018. Pelo Timbu, ele foi campeão pernambucano em 2018, tendo marcado o segundo gol alvirrubro na final contra o Central. O título marcou o fim de um jejum que se estendia desde 2004, ano do último estadual conquistado pelo time até então.

Raniel fez toda sua base no Santa Cruz, até subir para o profissional em 2015Raniel subiu para o profissional do Santa Cruz em 2015, e logo depois foi vendido para o Cruzeiro. Foto: Twitter/Santa Cruz

Raniel

O recifense foi revelado nas categorias de base do Santa Cruz. Raniel começou no sub-15 do futsal, em 2010, e galgou uma posição no time profissional tricolor em 2014. Pelo Santa o atacante atuou em 41 jogos entre 2014 e 2016, conquistando a Copa do Nordeste daquele ano antes de ser emprestado e posteriormente comprado pelo Cruzeiro.

Olindense, Kaio Jorge passou pelo futsal de Náutico e Sport, antes de virar uma das joias do SantosOlindense, Kaio Jorge passou pelo futsal de Náutico e Sport antes de se tornar uma das joias do Santos. Foto: Arquivo Pessoal

Kaio Jorge

A joia olindense de 19 anos teve uma carreira recheada de títulos no futsal local antes de se mudar para o litoral paulista. Entre o sub-6 e o sub-9, Kaio ganhou todos os títulos possíveis das categorias pelo Timbu. Após quatro anos nos Aflitos, se transferiu para a Ilha do Retiro, onde também brilhou até arrumar as malas e partir para a base do Santos, aos 11 anos, mirando a profissionalização no futebol. Campeão mundial pela seleção brasileira sub-17 em 2019, Kaio atualmente é cobiçado por clubes euroropeus e tem multa rescisória estipulada em torno de 50 milhões de euros.

Veja também

Santa Cruz anuncia saída do volante André
Santa Cruz

Santa Cruz anuncia saída do volante André

Argentino Jorge Sampaoli é o novo técnico do Olympique de Marselha
Futebol Internacional

Argentino Jorge Sampaoli é o novo técnico do Olympique de Marselha