A-A+

Flamengo domina seleção Bola de Prata 2019

Sete jogadores do clube carioca faturaram prêmios, além do técnico Jorge Jesus

Jorge Jesus levou prêmio de melhor treinadorJorge Jesus levou prêmio de melhor treinador - Foto: Rafael Oliveira/Divulgação

SÃO PAULO - A supremacia do Flamengo na edição 2019 da Série A do Campeonato Brasileiro, iniciada nos gramados, foi ratificada no palco do Memorial da América Latina, em São Paulo, nesta segunda (9), na 50ª edição do Troféu ESPN Bola de Prata Sportingbet, mais tradicional cerimônia de premiação do futebol nacional. Nada menos que sete atletas do clube carioca formaram a seleção do torneio, que ainda teve o português Jorge Jesus, comandante do rubro-negro, eleito melhor treinador. O troféu mais especial da noite ficou com Gabriel Barbosa, o Gabigol, que não só integrou a lista de 11 melhores como também celebrou a artilharia do nacional, com 25 gols, e a Bola de Ouro como melhor jogador do Brasileirão.

"Em termos de números e títulos, esse foi o melhor ano da minha carreira. É sempre importante ganhar prêmios individuais, mas o mais importante é o coletivo", disse Gabigol. Já Jesus optou ressaltar a força do torneio nacional. "Coloco o Campeonato Brasileiro como um dos cinco melhores do mundo. É competitivo e com bastante qualidade. Quando chegamos, nos tínhamos oito pontos a menos que o Palmeiras (então líder). Só um campeonato competitivo nos daria chance de recuperação. Em Portugal seria mais difícil", explicou.

Em avaliação realizada pelos jornalistas da ESPN e também por critérios técnicos do DataESPN, equipe de análises estatísticas da emissora, a seleção do campeonato ficou definida da seguinte maneira: Diego Alves (Flamengo); Rafinha (Flamengo), Lucas Veríssimo (Santos), Gustavo Gómez (Palmeiras) e Jorge (Santos); Willian Arão (Flamengo), Gerson (Flamengo) e Arrascaeta (Flamengo); Dudu (Palmeiras), Bruno Henrique (Flamengo) e Gabigol (Flamengo).

Leia também:

Troféu ESPN Bola de Prata acontece nesta segunda

Disputa do Mundial adia futuro de Gabigol e Jesus no Flamengo

Jorge Jesus garante foco no Flamengo, mas não projeta futuro 

Michael, atacante do Goiás, foi eleito como revelação do campeonato em votação popular. Durante o evento, o jogador, autor de nove gols na Série A, recebeu a informação de que o Corinthians está buscando sua contratação. Surpreso, ele deixou no ar seu destino para 2020.

"Só Deus sabe do meu futuro. Peço que não me falem nada (de proposta). Tenho gratidão pelo clube, com contrato até 2021. Se tiver de ficar, eu ficarei feliz", disse, não escondendo a felicidade com a conquista do troféu. "Ainda não acredito que ganhei esse prêmio de revelação. Estar aqui ao lado de jogadores como Bruno Henrique e Gabigol é gratificante", comemorou.

Além de ganhar a Bola de Prata como melhor meia, o uruguaio Arrascaeta levou a premiação de gol mais bonito Sportingbet, em linda bicicleta na partida contra o Ceará, em Fortaleza. Milene, atacante do Corinthians, foi a grande vencedora do prêmio espnW, concedido ao destaque do futebol feminino da temporada em parceria com a Brahma.

O 50° evento do Bola de Prata teve show do sambista Dudu Nobre e presença de ilustres convidados, com artistas e ex-atletas, como Ricardo Rocha, Casagrande, Marcelinho Carioca, Zetti e Edilson. 

 *O repórter viajou a convite da ESPN

Veja também

RB Bragantino empata nos acréscimos e freia avanço do Inter na tabela
SÉRIE A

RB Bragantino empata nos acréscimos e freia avanço do Inter na tabela

I Open Outubro Rosa de Tênis Feminino começa nesta sexta, no Recife
Outubro Rosa

I Open Outubro Rosa de Tênis Feminino começa nesta sexta, no Recife