Futebol

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"

Sport encara Flamengo na sexta, pela Série A do Campeonato Brasileiro; Gaúcho foi demitido nesta segunda (29)

Gustavo Florentín, técnico do SportGustavo Florentín, técnico do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

O técnico do Sport, Gustavo Florentín, disparou contra o ex-treinador do Flamengo, Renato Gaúcho, demitido nesta segunda (29), após perder a final da Libertadores da América para o Palmeiras. A bronca é com relação à postura do antigo comandante da equipe rubro-negra no duelo perante o Grêmio, na semana passada, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Cariocas e gaúchos empataram em 2x2. No encontro, Renato não comemorou os gols do time, o que levantou a tese de que ele estaria tentando "ajudar" os tricolores na luta contra o rebaixamento à Série B - equipe é concorrente dos pernambucanos na parte de baixo da tabela. Leão e Urubu se encontram na sexta (3), na Arena de Pernambuco, pelo Brasileirão.

“O foco é Flamengo, Flamengo e Flamengo. Por isso, convido a torcida para ocupar os 23 mil lugares da Arena, para que esteja presente com a camisa porque os jogadores vão entrar com muito sangue. É uma pena que Renato Gaúcho (demitido) não vai estar jogando contra nós porque ele não tem coragem. Queria tê-lo frente a frente para olhá-lo na cara. É uma pena. Sinto muito porque queria olhá-lo na cara como homem", disse.

O Sport é o atual 19º colocado da Série A, com 33 pontos. Além de Flamengo, a equipe ainda enfrenta Chapecoense e Athlético na reta final da temporada. 

Veja também

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetroRio de Janeiro

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetro

Ezequiel e Blas Cáceres têm nomes publicados no BID e viram opções no SportSport

Ezequiel e Blas Cáceres têm nomes publicados no BID e viram opções no Sport