Fluminense cobra R$ 5 mi ao Sport por venda de Diego Souza

Clube carioca deixou claro que manteve os 50% dos direitos econômicos do atleta quando negociou com o Leão em 2016

Diego Souza comemora gol pelo São PauloDiego Souza comemora gol pelo São Paulo - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Reforço do São Paulo para temporada 2018, Diego Souza é pivô de briga envolvendo seus dois antigos clubes: Fluminense e Sport. O clube das Laranjeiras cobra do time pernambucano o pagamento de metade do valor referente à venda do jogador da Seleção Brasileira para o Tricolor do Morumbi. Ou seja, R$ 5 milhões.  

Em nota oficial, o clube carioca deixou claro que manteve os 50% dos direitos econômicos de Diego Souza quando negociou com o rubro-negro em 2016 e por isso cobra o valor ao Sport. O Fluminense ainda diz que "nunca abriu mão de percentual algum do atleta".

Confira a nota divulgada pelo Fluminense

O Fluminense é detentor dos 50% dos direitos econômicos do meia Diego Souza e já notificou o Sport de que só aceita receber o valor que lhe é de direito da negociação do jogador com o São Paulo. O Tricolor nunca abriu mão de percentual algum do atleta e fará valer o que está no contrato firmado em março de 2016, quando Diego Souza acertou a volta a Recife. Sobre o que foi veiculado na manhã desta terça-feira, o pagamento de R$ 1 milhão foi sugerido antes do início desta negociação. O contrato é claro e estabelece formalidades que foram ignoradas pelo clube pernambucano.

Veja também

Com classificação do Internacional, Libertadores define times das oitavas; confira
Futebol

Com classificação do Internacional, Libertadores define times das oitavas; confira

Com classificação à vista, desafio do Santa é não deixar rendimento cair
Santa Cruz

Com classificação à vista, desafio do Santa é não deixar rendimento cair