Força máxima contra a Argentina

O técnico também poderá contar com o retorno do atacante Neymar, que estava suspenso pelo segundo cartão amarelo

É o tchanÉ o tchan - Foto: divulgação

 

SÃO PAULO (Folhapress) - Agora líder das Eliminatórias Sul-americanas, Tite deverá ter força máxima contra a Argentina em jogo marcado para o dia 10 de novembro, no Mineirão. Daniel Alves, Filipe Luís, Giuliano e Miranda, que estavam pendurados, não levaram cartão e estão liberados para o duelo. O técnico também poderá contar com o retorno do atacante Neymar, que estava suspenso pelo segundo cartão amarelo.

Sem seu principal jogador, Tite escalou Philippe Coutinho pela esquerda, normalmente ocupada por Neymar, e colocou Willian aberto no outro lado contra a Venezuela.
Titular nas partidas contra Equador e Colômbia, o meia do Chelsea havia perdido a vaga na equipe contra a Bolívia. Apesar de fazer um gol, o atleta não teve uma boa atuação. Foi pouco acionado e deve continuar como opção no banco caso Tite não tenha desfalques para enfrentar a Argentina.
Outra novidade no time titular contra a Venezuela foi o volante Paulinho, homem de confiança de Tite. Ele retornou à equipe na vaga de Giuliano.
Paulinho teve uma atuação regular assim como nos jogos anteriores.
O volante Fernandinho e o lateral-esquerdo Filipe Luís - que usou a tarja de capitão no confronto desta terça -, nas vagas de Casemiro e Marcelo, cortados por contusão, também tiveram atuação discreta. Dessa forma, é pouco provável que eles tomem a posição dos jogadores do Real Madrid, titulares nas partidas contra Equador e Colômbia, que deverão retornar à equipe.

 

Veja também

Patric e Philip são regularizados pelo Sport
Sport

Patric e Philip são regularizados pelo Sport

Socorro ao setor esportivo deve ser votado nesta terça, na Câmara dos Deputados
Esportes

Socorro ao setor esportivo deve ser votado nesta terça, na Câmara dos Deputados