Fórmula 1 divulga calendário de 2019

Confirmado, o GP do Brasil será realizado no dia 17 de novembro, em Interlagos

GP de InterlagosGP de Interlagos - Foto: Nelson Almeida/AFP

A organização da Fórmula 1 divulgou oficialmente, nesta sexta-feira (31), o calendário da temporada 2019.

O Grande Prêmio do Brasil está confirmado para o dia 17 de novembro, em Interlagos -será a penúltima corrida da temporada. O calendário, contudo, ainda está sujeito à aprovação do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA.

Leia também:
Vettel lidera segundo treino livre, em Monza
No Instagram, Alonso se despede do GP de Monza
Antes criticado, halo evita trágico acidente na F-1
Batida que 'tirou lasca' de halo serve para melhorar segurança


O ano será histórico para a categoria, já que o Grande Prêmio da China, marcado para o dia 14 de abril, será o milésimo da história da competição.

A temporada terá 21 corridas, igualando o recorde da categoria alcançado em 2016 e 2018. Serão 11 provas na Europa, cinco na Ásia, quatro nas Américas e uma na Oceania.

Veja o calendário de 2019 da Fórmula 1:

17/03 - Grande Prêmio da Austrália
31/03 - Grande Prêmio do Bahrein
14/04 - Grande Prêmio da China
28/04 - Grande Prêmio do Azerbaijão
12/05 - Grande Prêmio da Espanha
26/05 - Grande Prêmio de Mônaco
09/06 - Grande Prêmio do Canadá
23/06 - Grande Prêmio da França
30/06 - Grande Prêmio da Áustria
14/07 - Grande Prêmio da Grã-Bretanha
28/07 - Grande Prêmio da Alemanha
04/08 - Grande Prêmio da Hungria
01/09 - Grande Prêmio da Bélgica
08/09 - Grande Prêmio da Itália
22/09 - Grande Prêmio de Cingapura
29/09 - Grande Prêmio da Rússia
13/10 - Grande Prêmio do Japão
27/10 - Grande Prêmio do México
03/11 - Grande Prêmio dos Estados Unidos
17/11 - Grande Prêmio do Brasil
01/12 - Grande Prêmio de Abu Dhabi

Veja também

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A
Futebol

“Grande Copa do Mundo”, diz Ventura sobre reta final do Sport na Série A

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal
Olimpíada

Japão crê que será difícil realizar Jogos Olímpicos, diz jornal