Fórmula 1: Ferrari anuncia Carlos Sainz no lugar de Vettel em 2021

McLaren, atual escuderia do espanhol, vai substitui-lo por Ricciardo

Piloto espanhol Carlos Sainz estava na McLarenPiloto espanhol Carlos Sainz estava na McLaren - Foto: William West / AFP

Se a temporada 2020 da Fórmula 1 não começou devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o mercado automobilístico está pra lá de movimentado. Após o alemão Sebastian Vettel confirmar na última terça-feira (11) que não renovaria com a Ferrari em 2021, a escuderia italiana anunciou hoje (14), a contratação do piloto espanhol Carlos Sainz, atualmente na McLAren.

Leia também:
Hamilton diz que adiamento da estreia da F1 tem sido "quase uma benção"
Vettel deixará Ferrari no final da temporada 2020

“Estou muito feliz porque vou pilotar a escuderia Ferrari em 2021 e estou animado para o meu futuro com a equipe. Ainda tenho um ano importante pela McLaren Racing e estou realmente ansioso para voltar a correr com eles nesta temporada.” - comemorou o espanhol na sua conta oficial no Twitter. Carlos Sainz, de 25 anos terá como companheiro na Ferrari o monegasco Charles Leclerc, de 22 anos.

A McLaren não perdeu tempo e também divulgou nesta quinta-feira (14) o substituto de Sainz no ano que vem: será o piloto australiano Daniel Ricciardo, atualmente na Renault. Ricciardo será parceiro do britânico Lando Norris na equipe inglesa.

“Estou muito grato pelo meu tempo com @renaultf1team e a maneira como fui aceito na equipe. Mas ainda não terminamos e mal posso esperar para voltar à grade este ano. Meu próximo capítulo ainda não chegou, então vamos terminar, obrigado”, expressou o australiano em sua conta pessoal no Twitter.

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno