[Fotos] Santa Cruz bate o Remo e assume a terceira colocação

Cobra Coral fez 2x0 nos paraenses neste domingo (08), no Arruda, e chegaram aos 20 pontos, três a mais que o quinto colocado

Pipico comemora o primeiro gol marcado diante do Remo,, neste domingo (08).Pipico comemora o primeiro gol marcado diante do Remo,, neste domingo (08). - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Não houve espetáculo, mas dentro de campo o Santa Cruz mostrou o seu espírito competitivo e venceu a sua segunda partida consecutiva, batendo o Remo, por 2x0, neste domingo (08), no Arruda. O triunfo rendeu ao Tricolor uma posição a mais na tábua de classificação, assumindo o terceiro lugar, com 20 pontos ganhos, três a mais que o Globo/RN, quinto colocado e primeiro fora do G4. A Cobra Coral volta a campo neste sábado (14/07), diante do próprio Globo/RN, também no Arruda.

Dentro de campo, o Santa Cruz começou um pouco sonolento, com o Remo dando sinais de que viria com uma estratégia de tentar surpreender os mandantes. E quase conseguiram aos sete minutos, quando Elielton tentou um cruzamento e a bola tomou um efeito direto para o gol, com Tiago Machowski atento para salvar dando um tapa para o lado. Mas, vai em seguida foi a vez de a Cobra Coral dar o bote certeiro. Aos 11 minutos, Robinho fez boa jogada pela direita e cruzeiro na cabeça de Pipico, que precisou até se abaixar para mandar para o fundo do gol e abrir o placar.

Apesar de ter mais posse de bola e mais território, o Tricolor continuava dando espaços perigosos para o Remo. Aos 25 minutos, Tiago Machowski entrou novamente em ação, após ficar de frente com Elielton. A melhor chance coral surgiu aos 41 minutos, mas Jaílson finalizou mal e parou no goleiro.

Na volta para o segundo tempo, os paraenses voltaram com Fernandes no lugar de Leandro Brasília. A mudança fez o Remo trocar um pouco da pegada na marcação para ganhar em qualidade no passe e finalização de média distância. E assim o Santa Cruz foi pressionado durante boa parte da etapa final. E foi o próprio Fernandes que quase empatou a partida. Aos 28 minutos, a bola cruzou toda a área coral e sobrou para o meia mandar um chute de esquerda, cheio de efeito, que passou raspando a trave com Machowski já batido no lance.

E quando o mar não tá para peixe a coisa é complicada mesmo. Acionado para a exploração das bolas aéreas, Eliandro quase chegou ao gol de empate. Aos 42 minutos, em cruzamento na segunda trave, o atacante cabeceou no travessão tricolor. A bola ainda quicou próxima à linha, mas claramente não entrou. O castigo paraense veio já nos descontos. Após falta cobrada por Charles, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro: Santa Cruz 2x0 e fim de jogo.

Ficha do jogo

SANTA CRUZ 2
Tiago Machowski; Mailton, Danny Morais, Augusto Silva e Allan Vieira (Eduardo Brito); Eduardo, William Maranhão (Charles) e Arthur Rezende (Augusto); Jailson, Robinho e Pipico. Técnico: Roberto Fernandes

REMO 0
Vinícius; Nininho, Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha (Jayme); Geandro, Fernandes, Leandro Brasília (Fernandes) e Rodriguinho; Elielton (Eliandro) e Isac. Técnico: Netão

Local: Estádio do Arruda (no Recife). Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ). Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Lilian da Silva Fernandes Bruno (Ambos do RJ). Gols: Pipico (aos 11 do 1ºT) e Charles (aos 46 do 2ºT). Cartões amarelos: Arthur Rezende (Santa Cruz). Geandro, Bruno Maia e Nininho (Remo). Cartão vermelho: Vacaria e Geandro (Remo). Público: 14.782. Renda: 122.291,00.

Veja também

Brasil encara Venezuela na estreia da Copa América 2021
Futebol

Brasil encara Venezuela na estreia da Copa América 2021

Dinamarquês Eriksen está consciente após cair desacordado em jogo da Eurocopa
Esportes

Dinamarquês Eriksen está consciente após cair desacordado em jogo da Eurocopa