FPF quer criar campeonato intermunicipal em Pernambuco

Ideia da federação é investir na revelação de novos atletas para reforçar os clubes do interior do estado

Reunião na AMUPE teve presença de Evandro CarvalhoReunião na AMUPE teve presença de Evandro Carvalho - Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Durante reunião extraordinária da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), realizada nesta terça (18), o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, indicou que pretende, ainda neste ano, criar um campeonato intermunicipal no estado, reunindo equipes do interior representando seus respectivos municípios. O torneio, inspirado em copas já realizadas em outros locais, visa ajudar os clubes de menor poder financeiro a revelar novos atletas.

“Após ver o modelo de Bahia e Amazonas, nós vimos que podíamos idealizar o primeiro campeonato intermunicipal do estado. Esse torneio permitiria que as prefeituras pudessem, sem necessidade de convênio, aportar um valor de 25 mil reais, com mais dez mil de iniciativa privada. Teríamos jogos de junho até outubro, com uma final no domingo anterior ou posterior às eleições, podendo acontecer na Arena de Pernambuco. Não haverá necessidade de laudos que são exigidos nos jogos dos profissionais e nem cobrança de ingressos. Seriam jogos com portões abertos”, afirmou.

“A proposta é dividir o estado em 12 regiões. Cada um jogaria por sua região e, no final, a federação contrataria os 11 melhores jogadores, escolhidos por uma comissão de ex-atletas. A federação pagaria o salário deles e os colocaria nos times do interior. Sport, Náutico e Santa Cruz, por terem uma estrutura maior, já formam jogadores a partir dos 10 anos e não precisam disso. Já os clubes do interior têm maior dificuldade de contratar atletas novos”, explicou.

Ainda segundo Evandro, a proposta inicial é reunir de 80 a 90 munícipios na primeira edição. O mandatário, inclusive, sugeriu que a competição poderia levar o nome de algum político, como do governador Paulo Câmara ou de Eduardo Campos, ex-governador do estado falecido em 2014.

Modelos

A Copa da Bahia aconteceu entre os anos de 1997 e 2008, reunindo equipes do interior do estado. Depois, o torneio passou a se chamar Copa Governador do Estado da Bahia, a partir de 2009, incluindo Bahia e Vitória, que mandavam suas equipes de base. Já a Copa Amazonense foi criada em 2015, mas teve apenas uma edição. Em seguida, foi substituída pela Copa dos Rios, iniciada em 2016, reunindo as seleções do interior do Amazonas.

Leia também:
Thiago Wild vence em jogo mais longo do Rio Open
Bruno Nazário encara jogo contra Náutico como decisão
Jefferson analisa possibilidade de pênaltis contra o Botafogo

Veja também

Conselho escolhe presidente interino; formato da próxima eleição segue indefinido
Futebol

Conselho escolhe presidente interino; formato da próxima eleição segue indefinido

Tite elogia trabalho de Hélio dos Anjos no Náutico
Futebol

Tite elogia trabalho de Hélio dos Anjos no Náutico