Sport

Fraco desempenho ofensivo tira Sport do G4 e faz Leão ter seus piores números na história da Série B

Até o momento, Rubro-negro marcou nove gols em 13 jogos, apenas um no "corredor polonês"

Luciano Juba tenta jogada contra o GrêmioLuciano Juba tenta jogada contra o Grêmio - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Logo após a vitória de virada sobre a Ponte Preta, pela 10ª rodada, o torcedor do Sport se questionou como seria o comportamento da equipe diante da sequência que teria pela frente, contra times da parte superior da tabela e um Clássico dos Clássicos. Desde então, o famoso "corredor polonês" tem deixado o rubro-negro pessimista. Principalmente com o desempenho ofensivo perante Bahia, Grêmio e Náutico. Além de não ganhar de nenhum dos três, o grupo comandado por Dal Pozzo só marcou um gol. Estatística que contribuiu para o Leão deixar o G4 no último final de semana - nas próximas rodadas encara Brusque (7º), Cruzeiro (1º) e Vasco (2º). Em 13 compromissos até aqui, foram só nove bolas nas redes. Dados inferiores ao de qualquer outra participação leonina na competição na era dos pontos corridos.

Esta é a sexta vez que o Sport participa da Segundona desde que esse modelo de disputa foi implementado em 2006. De lá para cá, o Rubro-negro conseguiu subir de divisão quatro vezes e apenas em uma não conseguiu o acesso. No entanto, em todas estas aparições, os números ofensivos após 13 rodadas realizadas foram superiores aos atuais. 

Em 2006, 2011, 2013 e 2019, anos em que subiu para a Série A, o Sport tinha, neste mesmo recorte de partidas, 16, 19, 25 e 17 gols marcados, respectivamente. Em 2010, diferente das outras temporadas, o clube ocupava a 15ª colocação depois de 13 jogos disputados. Porém, já havia ido às redes 19 vezes. 

O fraco desempenho em 2022 já fez a diretoria definir alvos para a janela de transferência que abre em julho: atacantes. Do atual elenco, apenas Luciano Juba é intocável no setor. O prata da casa é o único que participou de todos os jogos do Sport na Série B até o momento, além de ser o artilheiro do time no certame, com quatro gols, e da temporada, com nove. No mais, nomes como Bill, Everton Felipe, Jaderson e Vanegas têm sofrido com lesões e fracas atuações. Assim como Kayke e Parraguez, que somam um gol cada no campeonato nacional. 

Veja também

Kevin Durant pede ao Brooklyn Nets para ser negociado com outra equipe
NBA

Kevin Durant pede ao Brooklyn Nets para ser negociado com outra equipe

PSG anuncia contratação do meia português Vitinha
Futebol Internacional

PSG anuncia contratação do meia português Vitinha