Futebol de areia encerra atividades de desafio em Candeias

Competição que proporciona integração de atletas com jovens de projetos sociais movimentou as areias de Jaboatão

DDI e Filipe Silva posam para selfies com jovensDDI e Filipe Silva posam para selfies com jovens - Foto: Divulgação

Com uma competição que contou com atletas da seleção brasileira, o futebol de areia encerrou as atividades do Desafio Espetacular de Futevôlei e Beach Soccer na praia de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, neste domingo (21).

Leia também:
Evento leva beach soccer e futevôlei a Candeias
Brasileiros brilham em festa dos melhores do beach soccer
Seleção de beach soccer massacra e avança em 1º lugar

Foram quase duas semanas de evento, uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Social (IDS) e a Vivo que, além dos confrontos entre os profissionais nos campeonatos das duas modalidades, proporcionou a integração de jogadores e grandes nomes do beach soccer e do futevôlei junto a crianças e adolescentes de projetos sociais. 

Por meio das clínicas esportivas, oferecidas gratuitamente durante o Desafio, 480 crianças e adolescentes de sete projetos sociais da Região Metropolitana do Recife (RMR) tiveram a oportunidade de ter um contato maior com as duas modalidades e conhecer estrelas desses esportes que ganham cada vez mais visibilidade no País.

Competições

No beach soccer, encerrado neste domingo (21), Fernando DDI, Filipe Silva e o goleiro da seleção brasileira sub-20, Matheus Teleco, entraram em quadra para defender a camisa do projeto social desenvolvido por DDI na RMR.

Vestindo o padrão do time do Instituto Geração 4, eles garantiram o título do Desafio Espetacular ao vencer o Sport, do atacante da Seleção sub-20, Lucas Xavier. O torneio contou com a participação de 12 times, sendo oito masculinos e quatro femininos. Na disputa entre as mulheres, o primeiro lugar ficou com a equipe do Mogi Mirim e o vice-campeonato com o Jaguar.

No futevôlei, estiveram em quadra 30 duplas vindas de Pernambuco, Alagoas e do Rio Grande do Norte. Na categoria profissional, quem se saiu melhor foi o time Hubner (Mago)/Netinho, que venceu Rato/Paulinho para ficar com o título. Já na disputa do Aberto, a dupla Marquinho/Luciano foi a vencedora, enquanto Artur/Marcelo ficou com o segundo lugar.

Veja também

Marketing do Santa estipula prazo para lançamento de novo uniforme
Santa Cruz

Marketing do Santa estipula prazo para lançamento de novo uniforme

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho
Futebol

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho