Gabriel Jesus diz ainda não se sentir ídolo no Brasil

Uma das forças ofensivas da Seleção, Gabriel Jesus acredita ainda ter muito a percorrer até atingir tal posto

Gabriel Jesus, atacante da Seleção, na apresentação na Granja ComaryGabriel Jesus, atacante da Seleção, na apresentação na Granja Comary - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Centroavante da Seleção Brasileira, Gabriel Jesus ainda não se considera ídolo da torcida nacional. De acordo com o jogador do Manchester City, ainda há um longo caminho para percorrer antes que ele possa ostentar tal rótulo. "É muito cedo para falar em ser ídolo. Ainda preciso fazer muita coisa para atingir esse status", disse Jesus, em entrevista à revista GQ.

Ex-centroavante e comentarista da Rede Globo, Walter Casagrande acredita que o atual Camisa 9 da Seleção tem potencial para se tornar ídolo. "Apesar da pouca idade, Gabriel não se assusta com o desafio. Está jogando bem e se sente solto no campo. Tem todo o potencial necessário para ser ídolo", exaltou.

Técnico do brasileiro no City, Pep Guardiola elogiou a energia e a solidariedade do comandado. Além disso, afirmou que ele ainda pode evoluir caso melhore seu entendimento do jogo. "Acho que Gabriel nunca vai perder esta energia e a solidariedade e qualidade incríveis que tem. Com o tempo, vai ser um jogador mais sábio, vai entender quando fazer um movimento ou outro", opinou.

Leia também:
Gabriel Jesus embala no City e tem sequência antes da Copa
Gabriel Jesus é o sexto sub-21 mais valioso do mundo
Gabriel Jesus indicado ao prêmio Golden Boy 2017
Guardiola é só elogios a Gabriel Jesus: "Excepcional"

Veja também

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana
Futebol

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei
Futebol

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei