Giovanni diz que ansiedade tem prejudicado o Timbu

Lateral-esquerdo preferiu minimizar as atuações irregulares do goleiro alvirrubro

Dos quatro gols que o Náutico tomou nos cinco jogos realizados em 2017, todos aconteceram no segundo tempo. Os 45 minutos finais não estão reservando boas surpresas para o Timbu. E um dos motivos que pode explicar essa sequência ruim é a ansiedade da equipe. Pelo menos foi esse o argumento usado pelo lateral-esquerdo Giovanni.

“Creio que a nossa ansiedade de querer fazer o gol está atrapalhando a gente. Estamos confundindo velocidade com pressa. Com isso acabamos dando posse de bola ao adversário, deixando desguarnecida a defesa. Ontem foi isso, contra o Santa também. Precisamos ter calma para atacar, sabendo também que não podemos sofrer contra-ataques”, afirmou.

O jogador ainda comentou sobre as críticas que o goleiro Tiago Cardoso vem sofrendo após um início de temporada irregular. Na partida passada, diante do Salgueiro, o camisa 1 falhou no segundo gol.

“Ele sabe que não está rendendo o que pode render. Mas não é só Tiago. A equipe inteira está assim. Ele se cobra muito e está trabalhando para fazer um grande jogo. Essa é a hora da gente se fechar mais e trabalhar. Não adianta apontar os erros, fazer caça ao culpado. É injusto. Esse é o momento de botar a cara, não se esconder. É um momento ruim, mas somente a gente pode mudar isso”, apontou.

Veja também

Louzer fala em dar confiança ao elenco e quer 'equilíbrio' no estilo de jogo do Sport
Sport

Louzer quer 'equilíbrio' no estilo de jogo do Sport

Manchester City oficializa sua retirada do projeto da Superliga; CEO do United renuncia
Futebol

Manchester City oficializa sua retirada do projeto da Superliga; CEO do United renuncia