Esportes

Givanildo ganha mais opções para clássico

Apesar da indefinição, a tendência é de que Givanildo mantenha a formação que atuou nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro da Série B.

Técnico ainda não deu pistas da escalação para o jogoTécnico ainda não deu pistas da escalação para o jogo - Foto: Paullo Allmeida

A dor de cabeça do técnico Givanildo Oliveira é boa para armar o Santa Cruz visando o Clássico das Emoções. Com o retorno dos meias Léo Lima e Thiago Primão e do atacante Bruno Paulo, que desfalcaram o time nos três últimos jogos por conta de lesões, além do atacante André Luís - cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo -, aumenta o leque de opções para armar o time. Com tantas alternativas, o treinador ainda não deu pistas da escalação, mas deve sinalizar o esboço da equipe titular, hoje, no treino às vésperas de enfrentar o Náutico.

Apesar da indefinição, a tendência é de que Givanildo mantenha a formação que atuou nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro da Série B. No gol, Júlio César segue firme, assim como a dupla de zaga, formada por Bruno Silva e Jaime há seis rodadas consecutivas. Na lateral direita, também não haverá modificação. Como Nininho continua fora pelo segundo jogo seguido devido a um cansaço muscular na parte posterior da coxa, o argentino Gabriel Vallés segue na titularidade. No lado esquerdo, Tiago Costa reassumiu a posição depois da saída de Roberto para a Chapecoense/SC.

A cabeça de área também não sofrerá alterações. Os volantes Wellington Cézar e Derley têm parceria praticamente assegurada novamente porque Elicarlos ainda não se recuperou da lesão na coxa direita. No setor de armação, Léo Lima e Thiago Primão acirram a disputa com João Paulo, que foi titular nas três últimas partidas.

A concorrência também é forte no ataque, porém o mais provável é que Ricardo Bueno e Augusto sejam mantidos. Mas ainda sobra uma vaga a ser disputada por André Luís, Bruno Paulo e William Barbio.

Santa Cruz e Náutico vão se encontrar pela sétima vez na temporada. Os números comprovam equilíbrio entre os rivais: duas vitórias para cada lado e dois empates. O novo Clássico das Emoções, agora pela 14ª rodada da Série B, será amanhã, às 16h30, na Arena de Pernambuco.

Veja também

Outros companheiros, outra fase: Roberto analisa fase de Jean Carlos no Náutico
Futebol

Outros companheiros, outra fase: Roberto analisa fase de Jean Carlos no Náutico

Thyere exalta período do Sport longe do Recife e convoca torcida para duelo com o CRB
Sport

Thyere exalta período do Sport longe do Recife e convoca torcida para duelo com o CRB