Goiano deve repetir escalação do jogo do Globo diante do ABC

Márcio Goiano não definiu o time, mas deu a entender que Luiz Henrique será mantido no time, com Jobson ficando como opção no banco de reservas

Márcio Goiano, técnico do NáuticoMárcio Goiano, técnico do Náutico - Foto: Arthur de Souza

Pela primeira vez na Série C, o Náutico deve conseguir colocar em campo uma mesma escalação por dois jogos consecutivos. Sem problemas de lesão no time titular, o técnico Márcio Goiano poderá repetir diante do ABC, sábado (2), no Frasqueirão, a mesma equipe que venceu o Globo/RN, por 2x0, na rodada anterior, pelo Grupo A da Série C.

O Náutico deve entrar em campo com Bruno; Thiago Ennes, Camacho, Camutanga e Tiago Costa; Jhonnatan, Luiz Henrique e Dudu; Robinho, Lelê e Ortigoza. O “deve” é usado porque Goiano ainda não prefere definir a equipe, mantendo um mistério no meio-campo.

Durante a semana, o treinador montou a equipe com 10 jogadores, deixando um espaço vago no meio-campo. Luiz Henrique e Jobson não estavam entre os titulares. Goiano, porém, deu a entender que o primeiro tem mais chances de começar jogando diante dos potiguares.

“Cada jogador tem sua individualidade. Os dois são leves e sempre buscam a linha de passe, a diagonal. Mas na transição, Luiz Henrique faz uma recomposição mais rápida”, afirmou, indicando ainda que não descarta utilizar ambos no confronto. “Quem sabe não entram juntos no sábado”, apontou.

Leia também:
Tiago Costa pede atenção com força do ABC como mandante
Náutico e Santa Cruz na gangorra das emoções

Na nona colocação, com sete pontos, o Náutico pode sair da zona de rebaixamento e se aproximar do G4 do Grupo A em caso de vitória. O técnico, porém, prefere não transformar o duelo em um “divisor de águas” para o clube na competição.

“O ABC tem 11 pontos e, se vencermos, ficaremos mais próximos dele. Mas ainda vou dizer que essa não é a vitória que vai nos credenciar (a mudar de patamar). Até porque no próximo jogo ainda teríamos a obrigação de vencer”, minimizou.

Veja também

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia
Prisão

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa
Futebol

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa