Goleiro detona Dembélé por saída apressada do Dortmund

O goleiro Roman Weidenfeller, do Borussia Dortmund, criticou o atacante Ousmane Dembélé pela maneira que ele deixou a equipe alemã para se transferir para o Barcelona

Ousmane DembéléOusmane Dembélé - Foto: AFP

O goleiro Roman Weidenfeller, do Borussia Dortmund, criticou o atacante Ousmane Dembélé pela maneira que ele deixou a equipe alemã para se transferir para o Barcelona. Dembélé foi para a equipe espanhola em agosto do ano passado. Depois de perder Neymar para o Paris Saint-Germain, o clube desembolsou 105 milhões de euros [R$ 448 milhões, na cotação atual] mais variáveis. O jogador assinou um contrato de cinco anos.
"Você não sai de um clube dessa maneira. Isso causou uma agitação incrível que ninguém podia acalmar. Aqui é um time esportivo. Futebol não é tênis. Ele nem pegou as suas chuteiras. Isso é ridículo", disse Weidenfeller em entrevista para o ESPN FC.
Dembélé chegou a ser suspenso indefinitivamente pelo Dortmund por faltar a um treino em meio às negociações com o Barcelona. Weidenfeller disse que nunca viu algo similar em 20 anos no futebol.
"Antes disso, eu não podia imaginar que isso existia. Dembélé, com 19 anos, teve a oportunidade de fazer o seu nome no Dortmund. Foi aqui que ele se tornou um jogador que fez o Barcelona se interessar. Porém, em vez de ser grato, ele decidiu deixar o clube ficando em casa, fazendo greve, abandonando os seus companheiros de time", afirmou o goleiro, que vai se aposentar ao fim desta temporada.

Veja também

Apresentado oficialmente, Julinho já se coloca à disposição para a estreia na Série C
Futebol

Apresentado oficialmente, Julinho já se coloca à disposição para a estreia na Série C

Roger Federer é derrotado no retorno às competições no saibro
Tênis

Roger Federer é derrotado no retorno às competições no saibro