Tênis

Governo da Sérvia defende Djokovic após polêmica sobre Covid-19

Tenista promoveu torneio e gerou controvérsia ao testar positivo para o novo coronavírus

Djokovic, atual número um do mundoDjokovic, atual número um do mundo - Foto: AFP

A primeira-ministra da Sérvia, Ana Brnabic, saiu em defesa do tenista Novak Djokovic, que gerou polêmica ao organizar um torneio de tênis em meio à pandemia de novo coronavírus. O atleta, além de outros participantes do campeonato, testaram positivo para Covid-19.


"O culpado pelas medidas serem reduzidas em nosso país não é Novak, mas o governo. A culpa é nossa", disse. O torneio, em Belgrado, foi organizado para mil pessoas, mas acabou recebendo 4 mil. Não houve distanciamento social entre os torcedores.


Ana Brnabic ainda agradeceu o tenista pela iniciativa de arrecadar doações aos mais necessitados.
Djokovic também organizou uma festa entre os participantes do Adria Tour e se justificou citando a autorização do Governo.
Vários tenistas criticaram publicamente o esportista pelo torneio. "Deixem ele em paz", finalizou Brnabic.

Veja também

Marketing do Santa estipula prazo para lançamento de novo uniforme
Santa Cruz

Marketing do Santa estipula prazo para lançamento de novo uniforme

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho
Futebol

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho