Grêmio e Atlético-MG avançam para disputar decisão inédita

Os gremistas passaram pelo Cruzeiro e o Galo pelo Internacional

Universidade de Pernambuco, UPEUniversidade de Pernambuco, UPE - Foto: Arquivo Folha de Pernambuco

Grêmio e Atlético-MG farão a decisão da Copa do Brasil de 2016. Os dois times fizeram valer o mando de campo na rodada de volta das semifinais, nesta quarta-feira (2), e se classificaram para a final. A equipe gaúcha avançou na competição com o empate por 0 a 0 com o Cruzeiro, em Porto Alegre. No jogo de ida, os gremistas venceram por 2 a 0. O Atlético, por sua vez, também foi em frente com um empate, 2 a 2 com o Internacional, em Belo Horizonte. Na ida, os mineiros derrotaram o Inter por 2 a 1. A final da Copa do Brasil será a primeira disputa de título entre gremistas e atleticanos, que não têm em seu retrospecto de confrontos nenhuma partida decisiva.

O Grêmio, maior campeão da Copa do Brasil, com quatro títulos (ao lado do Cruzeiro), não vence o torneio desde 2001. O Atlético conquistou a competição pela única vez há dois anos. As duas partidas que vão decidir o título estão marcadas para os dias 23 e 30 deste mês. A ordem dos mandos de campo será determinada por um sorteio a ser realizado pela CBF. Na Arena do Grêmio, o time tricolor fez um jogo seguro contra o Cruzeiro. Os gaúchos souberam tomar conta da vantagem que abriram na primeira partida e, embora os mineiros tenham criado algumas boas chances de gol, a classificação gremista jamais esteve sob ameaça.

No Independência, as coisas foram mais agitadas. O Inter esteve duas vezes à frente no placar, com gols de Aylon e Anderson, e o Atlético teve de se esforçar muito para empatar, com tentos de Robinho e Pratto –o gol do argentino, no segundo tempo, evitou uma disputa por pênaltis.

FICHAS TÉCNICAS

ATLÉTICO-MG
Victor; Carlos César, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso e Otero (Rafael Carioca); Luan (Cazares), Robinho (Clayton) e Lucas Pratto. T.: Marcelo Oliveira
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Ceará, Alan Costa, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, William, Anderson (Andrigo) e Valdívia (Eduardo Sasha); Aylon (Ariel). T.: Celso Roth
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Gols: Aylon, aos 26, Robinho, aos 47, e Anderson, aos 49 min do 1º tempo; Lucas Pratto, aos 16 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Luan, Rafael Carioca (A), Ariel, Ceará, Valdívia, Eduardo Sasha e Aylon (I)
Cartão vermelho: Paulão (I)
Público: 20.447
Renda: R$ 1.434.860,00

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson), Pedro Rocha (Everton) e Douglas (Rafael Thyere); Luan. T.: Renato Gaúcho
CRUZEIRO
Rafael; Lucas Romero, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Ábila), e Arrascaeta (Rafael Sobis); Willian (Alex) e Alisson. T.: Mano Menezes
Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Árbitro: Thiago Duarte (SP)
Público: 52.363
Renda: R$ 1.708.865,00

Veja também

Náutico contrata volante Antonio Bustamante
Futebol

Náutico contrata volante Antonio Bustamante

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida
Brasileiro sub-20

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida