Grêmio e Fla se enfrentam nas semifinais da Libertadores

Treinadores e dirigentes dos clubes trocam provocações há um mês; Fla não vence o Tricolor fora de casa desde 2004

GabigolGabigol - Foto: Alexandre Vidal/CRF

Há um mês, Grêmio/RS e Flamengo/RJ começaram a disputa por uma vaga na final da Libertadores da América. Você não leu errado. Antes mesmo de a bola rolar para a primeira partida da final, nesta quarta (2), na Arena do Grêmio, os clubes iniciaram uma batalha nos bastidores. Provocações dos dois lados. Comparações entre os técnicos, valor de cada elenco, além de indagações sobre qual time apresentava o futebol mais vistoso do Brasil. O mata-mata continental será o “tira-teima” para saber quem está com a razão.

As polêmicas começaram com o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho. Após eliminar o Palmeiras/SP nas quartas de final da Libertadores, o treinador disse que sua equipe jogava o melhor futebol do Brasil. Em resposta, o treinador do Flamengo, Jorge Jesus, indicou que “quem joga melhor está à frente”, em alusão à liderança dos rubro-negros na Série A. “Uma coisa é jogar bonito, outra é melhor”, explicou.

Renato não deixou por menos. “Se o Grêmio me der R$ 160 milhões para contratar, vou montar uma seleção. Não gastamos nem R$ 10 milhões. Jesus nunca treinou fora de Portugal um grande da Europa.” De acordo com o "Transfermarkt", porém, a diferença do valor de cada elenco não é tão grande. O dos cariocas está avaliado em 114,6 milhões de euros, enquanto o dos gaúchos está apenas cinco milhões abaixo. O tom entre os dirigentes seguiu na mesma linha. O presidente do clube tricolor, Romildo Bolzan, afirmou que o adversário estava com “soberba”. O vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, deu o recado. “Se aumentar a ‘temperatura’ lá, aumentaremos aqui.”

No ano passado, pela Copa do Brasil, o Flamengo eliminou o Grêmio nas quartas de final. Porém, o equilíbrio prevalece no histórico de mata-matas entre os clubes, com seis classificações para cada lado. Até então, o único duelo entre os times, pela Libertadores, foi em 1984. Ambos estavam no Grupo B, mas apenas os gaúchos avançaram na competição. Em três jogos pelo torneio, cada equipe venceu uma vez e o outro confronto terminou empatado.

A última vez que o Flamengo venceu o Grêmio no Rio Grande do Sul foi em 2004, pela Copa do Brasil. De lá para cá, foram dez derrotas e quatro empates. Para quebrar o jejum, o Rubro-negro aposta na boa fase do atacante Gabigol, artilheiro do Brasileirão, com 18 gols. Já o Grêmio tem do seu lado Everton “Cebolinha”, destaque do time na temporada 2019.

Ficha técnica

Grêmio

Paulo Victor; Léo Moura, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre; Luan e Éverton; Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho

Flamengo

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Gerson, Willian Arão e Arrascaeta; Éverton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus

Local: Arena do Grêmio (Porto Alegre/RS)
Horário: 21h30
Árbitro: Néstor Pitan (ARG). Assistentes: Juan Belatti e Hernán Maidana (ambos da ARG)
Transmissão: Globo, SporTV

Leia também:
River e Boca protagonizam clássico argentino na Libertadores
Final da Libertadores terá ingressos a venda a partir do dia 30

Veja também

Mundial de LoL 2020: INTZ estreia com derrota para a MAD Lions
Esports

Mundial de LoL 2020: INTZ estreia com derrota para a MAD Lions

Reunião da CBF tem bate-boca e Flamengo pedindo volta de torcida
Futebol

Reunião da CBF tem bate-boca e Flamengo pedindo volta de torcida