Grêmio vai a Minas, vence Cruzeiro e encaminha classificação

Com gols de Luan e Douglas, clube gaúcho deixou boa vantagem para o jogo da volta

Morador de Pau Amarelo, em Paulista, o vendedor Maurício José Martins, de 53 anos, trouxe material para comercializar durante a passagem do petistaMorador de Pau Amarelo, em Paulista, o vendedor Maurício José Martins, de 53 anos, trouxe material para comercializar durante a passagem do petista - Foto: Márcio Didier/Blog

Maiores vencedores da Copa do Brasil, com quatro títulos cada um, Cruzeiro e Grêmio iniciaram nesta noite de quarta-feira (26) o primeiro duelo que vale uma vaga para a final da edição 2016. Mineirão cheio, retrospecto positivo e boa fase do time. Os ingredientes eram os melhores possíveis para o time da casa. Mas dentro de campo os anfitriões levaram um balde de água fria e sofreram, com justiça, uma derrota por 2x0.

Com o resultado, o time gaúcho poderá perder por um gol de diferença no jogo da volta, em Porto Alegre, que terá garantida sua classificação para a decisão. Se o Grêmio perder por 2x0, a decisão vai para os pênaltis. Para avançar, o Cruzeiro precisará vencer por três gols de diferença ou por dois, desde que faça três ou mais gols na arena gremista.

Os responsáveis por deixarem o Grêmio em situação bem confortável na Copa do Brasil foram Luan e Douglas. O primeiro marcou um golaço de cobertura no primeiro tempo. O segundo aproveitou a falha adversária e matou o jogo na etapa final.
Campeão olímpico e um dos pilares do Grêmio, Luan finalmente terminou seu jejum de gols pelo time. Antes da partida no Mineirão, já eram 12 jogos sem marcar, sua maior sequência desde que chegou ao time principal. Para findar o tabu com estilo, o garoto usou muito talento ao encobrir Rafael e marcar um golaço no primeiro tempo.

Os espaços cedidos pelo Cruzeiro favoreceram os toques de bola e boas triangulações de Marcelo Oliveira e Pedro Rocha com Luan ou Douglas. Em uma delas, Luan marcava o primeiro gol que já dava justiça ao placar.
No segundo tempo, bastou ao Grêmio conter os primeiros avanços dos anfitriões para novamente colocar a bola no chão e selar a vitória pelos pés de Douglas, após passe de Ramiro.

Vendo o Cruzeiro ser anulado no primeiro tempo, o técnico Mano Menezes foi corajoso ao mudar o esquema e adotar três zagueiros e uma linha de quatro meio-campistas, formada com Robinho, Rafael Sóbis, Arrascaeta e Alisson. Mas os espaços muito bem aproveitados pelo Grêmio continuavam acontecendo, e a saída de bola ruim que gerou o segundo gol tricolor só escancarou mais uma das falhas da equipe mineira.

Suspenso, o técnico Renato Gaúcho acompanhou o jogo das cabines do Mineirão e viu o Grêmio com um resultado muito positivo. Nesta quarta, o comandante gremista à beira do campo foi o auxiliar Alexandre Mendes.

FICHA DO JOGO

CRUZEIRO

Rafael; Lucas (Alisson), Bruno Rodrigo, Léo e Edimar; Denílson (Alex), Lucas Romero, Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis (Willian); Ábila. T.: Mano Menezes

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Jaílson), Ramiro, Douglas e Pedro Rocha (Everton); Luan (Kaio). T.: Alexandre Mendes

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Gols: Luan, aos 19 min do 1º tempo; Douglas, aos 16 min do 2º tempo
Cartão amarelo: Kannemann (G)
Público: 50.715
Renda: R$ 1.606.821,00

Veja também

Confuso, Náutico perde para o CSA e ingressa no Z4 da Série B
Série B

Confuso, Náutico perde para o CSA e ingressa no Z4 da Série B

Thiago Duarte comemora vitória do Santa Cruz e fala em evolução da equipe
Futebol

Thiago Duarte comemora vitória do Santa Cruz e fala em evolução da equipe