Náutico

Grupo de torcedores do Náutico invade centro de treinamento nesta sexta

Com cerca de 40 pessoas, os invasores provocaram cenas de aglomeração no local

Invasão de torcedores do Náutico ao CT Wilson CamposInvasão de torcedores do Náutico ao CT Wilson Campos - Foto: Reprodução/Twitter

Na manhã desta sexta-feira (20), enquanto os jogadores do Náutico faziam trabalhos visando o jogo contra o CRB, neste sábado, em Maceió, um grupo de torcedores invadiu o Centro de Treinamento Wilson Campos, no bairro da Guabiraba em protesto pela má fase do Timbu. Além da situação obviamente constrangedora, os invasores se posicionaram de forma agressiva e portavam bombas, além de ainda gerarem uma aglomeração condenável devido ao momento de pandemia da Covid-19. 

Em nota, o Náutico relatou que a Polícia Militar foi acionada para garantir a segurança dos atletas. Os invasores, no entanto, foram dispersados antes mesmo da chegada dos agentes. O clube disse que rá tomar as medidas cabíveis a fim de proteger a integridade de jogadores, comissão técnica e diretores.

"A segurança no CT será reforçada com agentes privados e com o apoio da PM. Entendemos que o momento requer união entre todos: atletas, comissão, diretores e, principalmente, torcida. Apenas com o trabalho diário esta situação poderá ser revertida e o Náutico alcançará seus objetivos", afirmou o clube. 

O Náutico está na zona de rebaixamento, na 17ª posição do Campeonato Brasileiro da Série B e só possui uma vitória nos últimos 12 jogos. A próxima partida do Timbu será diante do CRB, neste sábado (21), às 19h, em Alagoas, em confronto que marcará a estreia de Hélio dos Anjos no comando do time pernambucano. 

Confira nota na íntegra:

"O Clube Náutico Capibaribe foi surpreendido, na manhã desta sexta-feira (20), com a invasão de um grupo de torcedores no CT Wilson Campos. Com discurso agressivo e fazendo uso de bombas, eles se direcionaram ao campo 2 do centro de treinamento, onde acontecia o último treino antes da viagem para Maceió. Diante das circunstâncias, a Polícia Militar de Pernambuco foi acionada pelo clube para garantir a segurança dos atletas, mas os torcedores foram dispersados antes mesmo da sua chegada. O Náutico informa, ainda, que tomará todas as medidas cabíveis para garantir a segurança de atletas, comissão técnica e diretores. A segurança no CT será reforçada com agentes privados e com o apoio da PM. Entendemos que o momento requer união entre todos: atletas, comissão, diretores e, principalmente, torcida. Apenas com o trabalho diário esta situação poderá ser revertida e o Náutico alcançará seus objetivos".
 

Veja também

Milhares se despedem de Maradona em velório na sede do governo da Argentina; veja fotos
Maradona

Milhares se despedem de Maradona em velório na sede do governo da Argentina; veja fotos

Canhota afiada, Chiquinho garante tranquilidade e alerta: ‘ganhamos nada ainda’
Santa Cruz

Canhota afiada, Chiquinho garante tranquilidade e alerta: ‘ganhamos nada ainda’