Guardiola dá apoio a Sterling após insultos racistas

O atacante do Manchester City criticou nas redes sociais a forma como a mídia inglesa tratou o caso de racismo no duelo contra o Chelsea

Sterling sofreu ofensas racistas em duelo contra o Chelsea Sterling sofreu ofensas racistas em duelo contra o Chelsea  - Foto: AFP

O técnico espanhol Pep Guardiola deu apoio a Raheem Sterling, nesta terça-feira (11), pedindo o combate diário ao racismo depois do jogador ser agredido verbalmente no confronto entre Manchester City e Chelsea. "As pessoas se concentram no futebol, mas não está só no futebol. No futebol daria para pensar que estamos seguros, mas o racismo está em todas as partes", declarou o comandante dos Citizens.

"Temos que brigar pelos direitos humanos, para criar uma sociedade melhor para o futuro. Hoje é perigoso, não só na Inglaterra, em toda a Europa. A mensagem para os políticos é que devem ser firmes com os direitos humanos e que temos que defender a democracia o melhor possível", acrescentou Guardiola antes do confronto contra o Hoffenheim pela Liga dos Campeões.

No sábado, as câmeras de televisão flagraram torcedores aparentemente atacando o jogador com insultos racistas. O incidente gerou grande consternação no país, marcado pela lembrança sombria das torcidas inglesas dos anos 1970 e 1980.

Leia também:
Alvo de suposto ataque racista, Sterling critica mídia inglesa

Em sua conta no Instagram, Sterling acusou vários jornais britânicos de "alimentarem o racismo" por sua maneira de falar sobre os jogadores negros. O jogador do City recebeu apoio da Associação de Jogadores Profissionais (PFA), que aplaudiu a ação do jogador. "Raheem decidiu falar alto e forte, nós estamos ao seu lado contra a discriminação que fala", disse a PFA em comunicado. Na segunda-feira, o Chelsea anunciou a suspensão temporária de quatro torcedores. O City apoiou a decisão.

Veja também

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia
Prisão

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa
Futebol

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa