Situação embaraçosa

Guardiola exige desculpas de agente para que Yaya Touré volte a atuar no City

Dimitri Seiluk, agente do atleta, acusou o comandante de ter humilhado o marfinense

As Bahias e a Cozinha MineiraAs Bahias e a Cozinha Mineira - Foto: Divulgação/Josa´ de Holanda

Com Guardiola como treinador do Manchester City, o clube inglês vive ótima fase. Está invicto na Premier League com cinco vitórias e lidera a competição. Apesar da situação favorável, um atleta ainda não teve a oportunidade de jogar e, segundo o técnico, não voltará até que uma pendência seja resolvida.

O jogador é o volante Yaya Touré.Desde que foi divulgada a lista de relacionados para a disputa da Liga dos Campeões sem o nome do marfinense, a relação entre ele e Guardiola ficou fragilizada. Para piorar a situação, o agente do meio-campista, Dimitri Seiluk, disparou contra o comandante dos citizens, acusando-o de ter humilhado o jogador. Nesta terça-feira (20), o catalão mandou um recado ao representante.

“Foi difícil deixá-lo fora da Champions, mas seu agente falou no dia seguinte e até que peça perdão ao clube, Touré não voltará a jogar com a equipe”, afirmou o comandante, convicto. “Os treinadores têm que fazer seu trabalho e, se tem algum problema com isso, que fale com Txiki Begiristain (diretor de futebol do City)”, completou.

Apesar de reconhecer que a medida é impopular e não agrada aos fãs, assim como foi quando teve de dispensar o goleiro Joe Hart, Guardiola explicou sua decisão: “Touré não treinou nestes últimos dias porque teve um processo febril, mas não voltará aos jogos até que seu representante retifique a questão. Não faço isso para mostrar minha autoridade, mas sim pensado sempre no benefício da entidade”, concluiu.

Veja também

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020
Futebol

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time
Futebol

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time