Guilherme e Guto destacam importância de Carmona em vitória

Ele fez uma 'jogadaça' e 90% do gol é dele", frisou o atacante, autor do tento que garantiu o triunfo do Sport por 2x1 diante do Bragantino

Carmona, Sander e Hernane comemoram golCarmona, Sander e Hernane comemoram gol - Foto: Divulgação/Sport

De todos os possíveis candidatos a herói em uma vitória do Sport, o nome de Pedro Carmona provavelmente estava entre as últimas posições. Até o jogo contra o Bragantino, neste último sábado (7), pela Série B, o meia só havia entrado em campo duas vezes. Jogou por 19 minutos contra o Figueirense, na terceira rodada, e por 32 perante o Oeste, no duelo anterior. Nunca começou como titular com a camisa do Leão. Com esse histórico, quem poderia imaginar que, aos 47 minutos do segundo tempo perante o Braga, isolado no lado esquerdo de ataque, com três marcadores na cola, o meia conseguiria fazer uma linda jogada e cruzar na medida para Guilherme balançar as redes no gol da vitória leonina perante o líder da competição? Um feito celebrado pela torcida e reconhecido pelo grupo.

"O gol foi 90% dele. Carmona fez uma 'jogadaça'. Eu só tive o trabalho de cabecear", contou Guilherme. Após o lance, o autor da assistência era só felicidade. "Quando eu me vi cercado, eu tentei uma jogada individual. Deu tudo certo. Sofremos em tantos jogos com gols no fim e dessa vez foi ao contrário. Acho que agora eu ganho fôlego. Por eu estar tanto tempo sem jogar como titular, a torcida tem uma desconfiança porque não vê os treinos. Guto teve as escolhas dele, e esperei minha chance, sem deixar de treinar. Depois de muito tempo, consegui pelo menos um pouquinho de carinho dos torcedores", comemorou.

Leia também:
Aniversariante do dia, Guto comemora vitória
Vale o acesso! Náutico recebe o Paysandu, nos Aflitos

"Vou dar um mérito de louvor para Carmona. Ele soube esperar o momento certo. Nunca desistiu. Foi profissional, trabalhou bastante e brilhou com uma grande jogada", disse o treinador. "Ele é um camisa 10. Não é rápido, mas é cadenciado e tem individualidade. Pedi para ele ir para cima, fazer o um contra um. Foi assim que ele decidiu o jogo. Na partida passada, ele entrou bem e cobrou uma falta na trave que deu moral. Juninho caiu um pouco de rendimento nos últimos jogos e não estava mentalmente forte. Por isso optei por Carmona. O meu grande mérito foi pensar em usá-lo no momento certo", completou.

Com o resultado, o Sport terminou na terceira posição da Série B, com 35 pontos. Na próxima rodada, o Leão visita o Figueirense, domingo (16), no Orlando Scarpelli.

Veja também

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'
Campeonato Brasileiro

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C
Santa Cruz

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C