Guto elogia defesa rubro-negra e a participação do torcedor

Treinador do Sport minimizou as vaias sofridas pela equipe ao fim do primeiro tempo, na Ilha do Retiro

Guto Ferreira, treinador do SportGuto Ferreira, treinador do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

O Sport parece ter entrado em contagem regressiva para voltar à Série A. Na noite desta sexta-feira (11), o Leão bateu o São Bento/SP por 2x0, chegou aos 49 pontos e assumiu a vice-liderança da Segundona. Faltam dez jogos para o fim do torneio e os rubro-negros estão cada vez mais perto do acesso. Para o técnico Guto Ferreira, a participação da torcida foi fundamental para mais este resultado positivo.

Leia também:
No Sport, Bruno Peres buscar se reerguer na carreira

Sequência de jogos na Ilha do Retiro anima o Sport
Sport abre o placar, mas cede empate ao CRB em Maceió
Elenco do Sport sobra em eficiência no ataque
Sport acerta com goleiro Felipe, ex-Náutico
Reservas vêm fazendo a diferença no Sport


"O mais importante foi a paciência do torcedor durante os 45 minutos. Dentro desses 45 minutos, o torcedor não vaiou. O que não pode é o cara errar e ser vaiado. Isso que atrapalha. Com a reta final chegando, imagina o que esses caras ralaram até aqui. Você acha que alguém não vai se entregar 100% agora? Por isso eu saio feliz, porque em boa parte do jogo a torcida jogou junto", destacou.

Segundo o treinador, ainda que o time não tenha feito uma grande apresentação, o fato de não ter tomado gols foi visto como uma evolução. "Eu gostaria de jogar os dois tempos bons. Em algumas partidas nós conseguimos isso. O lado bom é que não tomamos gols. Há sete jogos estávamos tomando gols. Eu os desafiei a ganhar sem tomar gols. E eles conseguiram isso", relembrou, analisando o duelo.

"Equilibramos o jogo, mas deixamos eles jogarem muito. Demos um pouco de espaço para eles. Demos muita falha de passes, na saída de bola. No segundo tempo foi o contrário. De cara já chegamos fazendo uma finalização. Leandrinho cresceu na partida. Conseguimos o gol, depois o segundo, de pênalti, e a partir daí a equipe jogou com inteligência, controlando o jogo", avaliou o treinador.



Veja também

Inspirado em símbolo do basquete local, time promove reencontro entre gerações
Veteranos

Inspirado em símbolo do basquete local, time promove reencontro entre gerações

2ª etapa do Open de Tennis Reserva do Paiva inicia nesta quinta
Tênis

2ª etapa do Open de Tennis Reserva do Paiva inicia nesta quinta