A-A+

Guto vê 'crescimento' do Sport na vitória sobre o Central

Prestes a enfrentar maratona de jogos, técnico afirma que o importante no momento é dar ritmo aos atletas

Guto Ferreira, técnico do SportGuto Ferreira, técnico do Sport - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Graças ao gol de Ewandro no primeiro tempo, o Sport bateu o Central, na noite desta terça-feira (28), por 1x0, na Arena de Pernambuco. Com o resultado, o Rubro-negro conquistou a primeira vitória no Estadual e agora ocupa a 3ª colocação. Diferente de semana passada, quando bobeou diante do Vitória das Tabocas e viu o triunfo escapar das mãos, o Leão apresentou uma pequena melhora contra a Patativa. Pelo menos para o técnico Guto Ferreira.

"Estamos passando por um processo de crescimento de vários jogadores. Tivemos quatro atletas estreando hoje, sem falar nos que estão recuperando o melhor de seu nível Isso demanda tempo. Ainda houve alguns erros parecidos com o jogo de semana passada, mas acho que aprendemos a lição. Tivemos boas oportunidades e acredito que fizemos uma boa partida", avaliou o treinador.

Com uma partida em cima da outra, Guto ainda não repetiu a escalação do Sport na temporada. Prestes a enfrentar uma maratona de jogos em fevereiro, ele acredita que, neste momento, o essencial é dar ritmo a todos.

"Tenho que botar todos para jogar, até para ver quem encaixa com quem. O mais importante é que todos estão indo para dentro, jogando, ganhando ritmo", falou. "A equipe ideal só será usada no Brasileiro. Em fevereiro serão nove jogos em 29 dias, e não tem como fazer uma única equipe. Todos vão ter oportunidades e lá na frente vão jogar os que derem uma resposta positiva", completou.

Leia também:
Em jogo fraco, Sport bate Central e vence primeira no Estadual
Sport é acionado na Fifa, pelo Sporting, pela compra de André

Veja também

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza
Homofobia

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza