Santa Cruz

Há mais de 20 dias sem jogos oficiais, Santa se prepara para maratona no início da temporada

A partir da próxima quarta (24), jogos do Pernambucano e do Nordestão enchem a agenda Coral

Entra a reapresentação e a partida, Santa teve pouco mais de uma semana de treinosEntra a reapresentação e a partida, Santa teve pouco mais de uma semana de treinos - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Vinte e dois dias separam o último jogo oficial do Santa Cruz da estreia no Campeonato Pernambucano, que acontece nesta quarta-feira (24), contra o Vitória no Arruda. A última partida da Cobra Coral foi no dia 2 de fevereiro; naquela ocasião, uma vitória contra o Itabaiana (SE) selou a classificação do Santa para a fase de grupos da Copa do Nordeste. Desde então, várias mudanças aconteceram no clube, das mudanças na gestão às alterações no comando da equipe. 

Nesta semana, o longo intervalo sem jogos dará lugar ao início de uma maratona. Alternando entre o estadual e a Copa do Nordeste, que começa no domingo (28), o Santa entrará em campo ao menos duas vezes por semana. Serão ao menos nove partidas em um mês. Caso avance à segunda fase da Copa do Brasil, esse número pode aumentar, a depender das adequações que podem ser feitas nas tabelas das competições.

Para enfrentar a iminente alteração na carga de trabalho, a comissão técnica aposta em uma rotina de “planejamento, organização e controle”. “Existe uma preocupação imensa. Tivemos uma semana de preparação e logo em seguida duas competições muito importantes, que são o Estadual e o Regional. Daqui a pouco também tem a Copa do Brasil, e mais para frente começa a Terceira Divisão. Então, uma semana apenas não é o ideal”, comentou o preparador físico Jailson Cintra. A primeira fase da Copa do Brasil terá início para o dia 3 de março, já a primeira rodada da Série C está prevista para o final de maio. 

 

“Em outras oportunidades tínhamos um mês, vinte dias, mas estamos com um planejamento pronto para ter êxito, e que a gente possa pensar jogo a jogo, como o João Brigatti fala bastante. Estamos a cada semana planejando e controlando a aplicação de cargas para não ter lesões”, completou.

Um dos atletas mais afetados pela transição foi o lateral-esquerdo Leonan, que chegou a ficar de fora dos treinamentos por causa de um desgaste muscular. O quadro, no entanto, foi avaliado como normal pela equipe médica do clube. Leonan treinou com o time no último domingo (21) e continuará sendo avaliado ao longo da semana. 

Nesta segunda, uma bateria de exames da Covid-19 será realizada em face da estreia no estadual. Os testes serão seguidos por um treino com bola no Arruda. Já na terça, o elenco passará por novos exames, desta vez visando o jogo da Copa do Nordeste, contra o Vitória (BA) no próximo domingo (28), em Salvador. Na quarta-feira, dia da estreia no Pernambucano, os atletas não relacionados para o jogo treinam pela manhã. 

Elenco mais jovem
Para a nova temporada, o Santa Cruz aposta numa mescla entre jogadores jovens e atletas mais experientes. Nos primeiros treinos, pelo menos 15 atletas recém-promovidos das categorias de base ficaram à disposição do técnico João Brigatti. A média de idade entre os 27 jogadores que compõem o elenco até esta segunda-feira (22) é de 23,7 anos. 

Com 36 anos, o atacante Pipico é o mais velho do plantel. O meia Felipe Simplício (ex-Felipe Cabeleira) 19, é o mais jovem do elenco. 
 

Veja também

Band garante todas as corridas e pódios da F1 ao vivo na TV aberta
Fórmula 1

Band garante todas as corridas e pódios da F1 ao vivo na TV aberta

Brasil x Argentina pode ser adiado; torcida está descartada na Arena PE
Futebol

Brasil x Argentina pode ser adiado; torcida está descartada