A-A+

Hang Loose Pro Contest em Noronha será em fevereiro

Cacimba do Padre recebe o primeiro QS 5000 de 2020 entre os dias 11 e 16. Campeão e vice de 2019 estão inscritos

Yago Dora e Jadson André, vice e campeão do Oi Hang Loose Pro Contest 2019Yago Dora e Jadson André, vice e campeão do Oi Hang Loose Pro Contest 2019 - Foto: Daniel Smorigo/WSL

Pelo segundo ano consecutivo, o Hang Loose Pro Contest vai abrir o calendário de eventos da WSL na América Latina, tendo como cenário os tubos da paradisíaca Cacimba do Padre, no arquipélago pernambucano de Fernando de Noronha. O campeonato de surfe mais tradicional do continente vai acontecer entre os dias 11 e 16 de fevereiro. Será a 36ª etapa válida pelo Circuito Mundial da World Surf League com status Qualifying Series 5000 (divisão de acesso) que a Ilha recebe.

Alguns tops e ex-tops do Championship Tour (categoria principal) já confirmaram presença, mas as inscrições seguem abertas até 14 de janeiro. Mais sete provas do WSL Qualifying Series masculino estão agendadas pela WSL na América Latina, que ainda trabalha para fortalecer os calendários do QS feminino, do Pro Junior e do Longboard.

“Graças a essa importante parceria com a marca Hang Loose, teremos mais uma vez, a oportunidade de receber nossos atletas em um dos seus picos preferidos, para que se inspirem para o restante da temporada, além de mostrar ao mundo todo, as belezas naturais do arquipélago, contribuindo assim para o turismo futuro de estrangeiros na Ilha”, disse Ivan Martinho, que assumiu o cargo de CEO da WSL no continente em 2019.

O Hang Loose Pro Contest estreou no circuito mundial em 1986, na Praia da Joaquina, em Florianópolis (SC). Depois, passou pela Praia das Pitangueiras, em Guarujá (SP), pela Baía de Maracaípe, em Ipojuca (PE), até chegar a Fernando de Noronha no ano 2000. Após 27 anos de campeonatos, sendo 13 seguidos na Cacimba do Padre até 2012, o evento deu uma parada e voltou em 2016, com a edição comemorativa de 30 Anos no mesmo palco onde tudo começou, na Praia da Joaquina. O caminho do início se repetiu. Em 2017, passou pelo litoral paulista, na Praia de Maresias, em São Sebastião, antes de retornar para Noronha em 2019.

No ano passado, o campeão foi o potiguar Jadson André, que fez final com o catarinense Yago Dora e levantou o seu primeiro título nas ondas de Noronha. Ambos estão na lista de inscritos para a edição 2020 do Hang Loose Pro Contest, assim como os pernambucanos Ian Gouveia e Thiago Camarão e os irmãos paulistas Miguel e Samuel Pupo. O atual campeão mundial, o potiguar Italo Ferreira, e o bicampeão do mundo, o paulista Gabriel Medina, que estiveram presentes no evento em 2019, ainda não confirmaram se participarão neste ano.

Veja também

Após empate, Hélio reforça que ainda acredita em acesso
Futebol

Após empate, Hélio reforça que ainda acredita em acesso

Após início com falhas, Náutico reage, mas fica no empate diante do Vasco
Futebol

Após início com falhas, Náutico reage, mas fica no empate diante do Vasco