Futebol

Hélio cita "adaptação ao orçamento" para explicar chegada de reforços

Treinador ressaltou que Timbu soube "aproveitar o mercado" para fechar com peças que vieram do exterior, como Richard Franco e Jorge Ortega

Hélio dos Anjos, técnico do NáuticoHélio dos Anjos, técnico do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

O Náutico não abre mão de seguir rigorosamente o orçamento destinado à montagem do elenco para 2022. Tendo um alcance financeiro inferior a de outras equipes que disputarão a Série B do Campeonato Brasileiro, por exemplo, o Timbu tem “aproveitado o mercado”, nas palavras do técnico Hélio dos Anjos, para fechar com os reforços. O que, consequentemente, também faz com que a diretoria tenha uma preocupação para não ultrapassar a reserva financeira. 

“Se novas peças não chegarem, é por conta do orçamento. Temos que respeitar. Tivemos que adaptar, até nessas contratações, de aproveitar o momento do mercado, como foi o caso principalmente do centroavante (Ortega). O caso do Eduardo, além da qualidade, foi uma oportunidade criada pelo Ari (Barros, executivo)”, citou o treinador.

“Dificilmente uma equipe do futebol brasileiro vira ano mantendo praticamente os seus jogadores mais importantes. Adaptamos todas as contratações ao orçamento do clube. Foi uma coisa batida pelo presidente (Diógenes Braga), que tínhamos que adaptar isso. Conseguimos trazer dois jogadores com espírito muito bom, que estão vindo de fora (Ortega e Franco). Achei boa a vinda do Leandro. Conversei com ele, mostrei o que vai ser colocado em prática no nosso trabalho. O mais importante é o grupo ter o espírito que o Náutico teve nos últimos 13 meses”, concluiu.

O Náutico fechou as contratações do goleiro Lucas Perri, dos zagueiros João Paulo e Wellington, do volante Richard Franco, do meia Eduardo Teixeira e dos atacantes Ewandro, Leandro Carvalho e Jorge Ortega. Mesmo contente com os nomes, o treinador salientou a falta de uma posição na lista de reforços.

“Vou iniciar o Estadual com um lateral-esquerdo (Júnior Tavares) e não posso jogar para Luan essa responsabilidade de ser um jogador ‘pronto’. Vamos procurar adaptar tudo isso. O mais importante é trabalhar. O  grupo ter consciência, a direção também ter consciência de tudo que está se fazendo”, declarou. 

Veja também

Palmeiras e Atlético duelam por vaga na semifinal da Libertadores
Futebol

Palmeiras e Atlético duelam por vaga na semifinal da Libertadores

Real Madrid e Eintracht Frankfurt se enfrentam pela Supercopa da UEFA; veja onde assistir
Futebol Internacional

Real Madrid e Eintracht Frankfurt se enfrentam pela Supercopa da UEFA; veja onde assistir