Futebol

Hélio confirma Hereda como titular e cita uso da base diante do Cruzeiro

O lateral-direito Thassio, o zagueiro Carlão e o meia Juninho Carpina também vão começar jogando perante a Raposa

Hereda, lateral do NáuticoHereda, lateral do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

O jogo entre Cruzeiro e Náutico, nesta quinta (25), no Mineirão, pelo encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro, ficará marcado na história. Não por conta dos clubes, diga-se, já que tanto Timbu como Raposa não possuem chance de acesso à Série A. O duelo será especial para um nome que está pendurando as chuteiras e para outros que iniciaram há pouco tempo a caminhada no futebol. No confronto que marcará a despedida de Rafael Sóbis dos gramados, o técnico Hélio dos Anjos confirmou que vai acionar mais nomes das categorias de base no adeus dos pernambucanos da temporada 2021.

“Quando se joga com a camisa do Náutico, tudo é importante. Vamos criar uma situação de jogo para alguns, como Carpina (meia), Thassio (lateral) e Carlão (zagueiro)”, disse o técnico. Além do trio, a novidade será o retorno de Hereda, que se recuperou de lesão. 

“O mais importante neste momento não é a escalação. Eu quero aproveitar Hereda desde o começo, posicionando o Thassio em outra situação de jogo. Estamos vendo o que é melhor. Carpina jogará na função que gosta, que Jean faz. Esperamos fazer um grande jogo para nos despedirmos da temporada dignamente”, frisou o comandante. 

Na partida, o Náutico não terá o volante Matheus Jesus, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Além dele, o zagueiro Camutanga, o meia Jean Carlos e o atacante Vinícius foram poupados – o último, inclusive, já se despediu do Timbu. 

 

Veja também

Florentín destaca entrega do time e agradece apoio da torcida contra o FlamengoSport

Florentín destaca entrega do time e agradece apoio da torcida contra o Flamengo

Em jogo animado, Sport fica no empate com o Flamengo na ArenaCampeonato Brasileiro

Em jogo animado, Sport fica no empate com o Flamengo na Arena