Futebol

Hélio lamenta erros ofensivos, mas diz que Náutico chega forte à final

Treinador citou que o Timbu se permitiu sofrer nos minutos finais por conta de “decisões erradas” em finalizações e passes

Hélio dos AnjosHélio dos Anjos - Foto: Tiago Caldas/CNC

Poderia ter sido mais tranquila, por uma margem de gols maior e sem ser vazado. Em resumo, essa foi a sensação do técnico Hélio dos Anjos ao falar sobre a vitória do Náutico por 2x1 diante do Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, pela semifinal do Campeonato Pernambucano. O Timbu desperdiçou muitas oportunidades no duelo e chegou a sofrer pressão nos minutos finais, após tomar um gol perto dos acréscimos. Ainda assim, o treinador acredita que o Timbu entrará bem na decisão. 

“Chegamos fortes. Os números comprovam isso. Tivemos 10 jogos, com oito vitórias, um empate e uma derrota. Nos tropeços, já tínhamos a classificação definida. Hoje, fizemos uma partida competitiva, forte. Lamentamos somente porque não merecíamos aquele sofrimento no final. Por tudo que fizemos, podíamos ter definido a partida bem antes daquele descuido na bola parada, com o gol contra”, afirmou o treinador.

Hélio evitou citar diretamente os erros de finalização de Kieza, que desperdiçou pelo menos duas chances claras de gol. Na visão do técnico, as falhas foram além das finalizações. “Tínhamos condições, sem querer criticar o adversário, com a nossa capacidade técnica e física, de aproveitar melhor. Não é só uma questão da definição, mas sim do último passe, da decisão errada”, lamentou, citando o sufoco que o time sofreu nos minutos finais. 

“Tivemos a infelicidade de ter o nosso jogador de melhor tempo de bola, que é o Paiva, de desequilibrar a bola e fazer o gol (contra). Houve um sofrimento por conta da grandeza do Santa. Em jogos como esse, você precisa tirar o ‘soro’ do adversário. Ele está quase morrendo e você não pode deixar que ele sobreviva. Deixamos isso acontecer por conta de decisões erradas. O Santa, há 11 anos, não perdia no mata-mata para o Náutico. Para um time desses, você não pode facilitar”, argumentou.

O adversário do Náutico na final do Campeonato Pernambucano sairá do jogo da segunda (10), entre Sport e Salgueiro, na Ilha do Retiro. 

Veja também

Seleção feminina de vôlei bate Japão e vai à final da Liga das Nações
Vôlei

Seleção feminina de vôlei bate Japão e vai à final da Liga das Nações

Derley comemora volta ao time após chegada de Roberto Fernandes
Futebol

Derley comemora volta ao time após chegada de Roberto Fernandes