A-A+

Futebol

Hélio não confirma volta de Djavan contra o Botafogo

Volante iniciou transição, mas treinador manteve o mistério sobre presença do atleta na próxima partida

Djavan, volante do NáuticoDjavan, volante do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

Desfalque nos últimos dois jogos do Náutico por conta de dores na coxa direita, o volante Djavan iniciou o trabalho de transição e passou a ter seu retorno cogitado para a partida contra o Botafogo, domingo (20), nos Aflitos, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2021. O técnico Hélio dos Anjos, contudo, não confirmou a presença do marcador perante os cariocas.

“Recebemos uma posição do departamento físico e vamos aguardar os treinos de transição para definir a situação dele. Não preciso fazer isso hoje. Temos mais de 48 horas para o jogo e vamos esperar”, afirmou.

Caso Djavan não tenha condições de retornar, o treinador deve manter Trindade na cabeça de área, ao lado de Rhaldney. Por falar no setor de marcação, o Náutico tem, ao lado de Goiás e Sampaio Corrêa, a melhor defesa da Série B, com apenas um gol sofrido. Evolução que Hélio fez questão de não se restringir apenas aos homens da retaguarda.

“Houve um crescimento defensivo, mas não somente da última linha de marcação. Foi dos atacantes, dos meias, e isso faz com que a equipe fique equilibrada. Todo o time também é responsável pela parte ofensiva, começando pelo goleiro, com a linha de quatro, os volantes, até chegar aos atacantes. Precisamos manter o foco, o equilíbrio, porque os adversários vão melhorar a cada rodada e o Náutico precisa crescer também”, apontou.

Líder da Série B, com 12 pontos e 100% de aproveitamento, o Náutico tem chamado atenção no cenário nacional. Recentemente, o técnico Tite fez elogios ao clube e ao treinador. Ainda assim, Hélio não crê que o Timbu seja “o time a ser batido”.“Não vejo isso. Estamos no início do campeonato. Realmente os números nos quatro jogos são ótimos, mas o torneio vai correr com todo mundo querendo bater em todo mundo”, frisou.

O Náutico deve ir a campo com Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner e Bryan; Rhaldney, Trindade e Jean Carlos; Erick, Vinícius e Kieza.

 

Veja também

Vôlei: seleção feminina vence Chile e garante vaga no Mundial de 2022
Campeonato Sul-Americano

Vôlei: seleção feminina vence Chile e garante vaga no Mundial de 2022

Náutico visita Botafogo, melhor mandante da Série B
Futebol

Náutico visita Botafogo, melhor mandante da Série B