Honda é recepcionado com festa por torcedores do Botafogo no Rio

A torcida ainda fez menções a Gabigol, atacante do arquirrival Flamengo, que foi citado em uma música provocativa em comparação a Honda

Chegada de Honda ao BotafogoChegada de Honda ao Botafogo - Foto: Divulgação

Com quase 2 h de atraso, o meia japonês Keisuke Honda, 33, desembarcou na tarde desta sexta-feira (7) no Rio de Janeiro, onde foi recepcionado por um mar de torcedores do Botafogo no aeroporto internacional. A Polícia Militar estimou a presença de cerca de mil pessoas.

No saguão, o atleta subiu em um suporte, sobre o qual exibiu uma bandeira do clube e acenou, para delírio dos alvinegros. Antes, Honda, que vestia um blazer bege, ganhou um boné do Botafogo, mas preferiu deixar os cabelos descoloridos à mostra.

Os botafoguenses estavam munidos de faixas na cabeça em alusão ao Japão. Uma imensa bandeira com a imagem do jogador e mensagens em japonês também foi estendida no local. Os torcedores ainda puxaram coro pelo meio-campista: "Olê, lê, olá, lá! O Honda vem aí e o bicho vai pegar!". Um grupo de cinco torcedores chamou a atenção por vestir um tipo de camisão com a palavra "arigatou" estampada, que significa "obrigado" em japonês.

Estiveram também muitas mulheres e crianças no aguardo de Honda, que tem em seu currículo idas a Copas do Mundo pela seleção japonesa, além de passagens por Milan (ITA), CSKA (RUS) e Pachuca (MEX), entre outros clubes.

Em meio à festa, houve também espaço para críticas ao técnico Alberto Valentim. Os torcedores, em coro, pediram a saída do treinador, que está no clube desde o segundo semestre do ano passado e que, em sua primeira passagem, foi campeão carioca pelo Botafogo. A torcida ainda fez menções a Gabigol, atacante do arquirrival Flamengo, que foi citado em uma música provocativa em comparação a Honda.

Leia também:
Botafogo anuncia contratação do meia japonês Honda
Atleta japonês Honda vai dirigir seleção do Camboja


Veja também

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport
Sport

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport