[Imagens] Brasil derrota o México e vai às quartas

Seleção soube administrar a pressão mexicana e, com gols de Neymar e Firmino, venceu o duelo desta segunda (2)

Lance de Brasil x México, pelas oitavas de final da Copa Lance de Brasil x México, pelas oitavas de final da Copa  - Foto: Emmanuel Dunand/AFP

Em um confronto que testou o coração da torcida brasileira, nesta segunda-feira (2), o Brasil derrotou o México por 2x0 e avançou às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Os gols brasileiros contra o México saíram apenas no segundo tempo, com Neymar, aos cinco minutos, e Roberto Firmino, aos 43 minutos. Agora, a Seleção aguarda o vencedor de Bélgica x Japão, que jogam às 15h também desta segunda, para conhecer o próximo adversário no torneio. A equipe volta à campo na sexta-feira (6), às 15h. O volante Casemiro está fora do confronto. Ele levou em Samara o segundo amarelo no torneio e terá que cumprir suspensão automática. Fernandinho é o mais cotado para substituí-lo.

Leia também:
Mascote da Seleção, Canarinho Pistola conquista a torcida
Brasil bate Sérvia e vai encarar o México nas oitavas
Neymar faz o que Messi e CR7 não conseguiram no mata-mata

Osorio prometeu uma equipe ofensiva para enfrentar o Brasil, e cumpriu. Uma das mudanças foi a escalação do veterano Rafa Marquez como uma espécie de volante. No jogo, o zagueiro de 39 anos entrou para a história por ser capitão de uma seleção em cinco edições de Copas. O México teve um início de jogo intenso, surpreendendo e sufocando a Seleção Brasileira com a maior parte do elenco no campo de ataque, dificultando a saída de bola nacional.

Não deu, porém, para segurar o ritmo de marcação adiantada e toques velozes por toda a partida. Com alguns ajustes de posicionamento, Tite conseguiu arrumar a Seleção, que, defensivamente, soube aguentar a pressão - ao lado do Uruguai, a Seleção é a menos vazada da Copa, com apenas um gol tomado -, e passou a equilibrar mais as ações na metade da primeira etapa. Aos 24 minutos, Neymar arriscou um chute perigoso e, após esse lance, o time pareceu ter acordado, mas não conseguiu abrir o placar. 

Isso só aconteceu no início do segundo tempo, quando Neymar iniciou jogada na entrada da área mexicana e tocou de calcanhar para Willian, que cruzou rasteiro. A bola passou por Gabriel Jesus, mas não por Neymar, que chegou para escorar e entrou com bola e tudo, marcando pela segunda vez nesta Copa do Mundo. Após o gol, o Brasil passou a dominar o meio de campo e criar as melhores oportunidades. Em uma delas, William arriscou de fora da área e Ochoa, destaque do elenco mexicano, fez excelente defesa. O goleiro voltou a brilhar em pelo menos outros dois lances. Na frente, contudo, os adversários não conseguiram o mesmo desempenho do arqueiro, falhando nas armações e finalizações ofensivas, exigindo pouco de Alisson. 

Sem marcar ainda na Copa, Gabriel Jesus mudou de posição no segundo tempo. Ele foi para a esquerda deixando Neymar mais centralizado. Satisfeito com o time em campo, Tite só mexeu nos minutos finais. Aos 35 minutos, ele colocou Fernandinho no lugar de Paulinho. Em seguida, ele tirou Coutinho e colocou Roberto Firmino, que ainda teve tempo de marcar seu primeiro gol na Copa.

Precisando do resultado, o México se lançou mais ao ataque, mas deu espaço para os brasileiros, que fizeram o segundo aos 43. Pouco depois de entrar, Firmino recebeu passe de Neymar, que desceu em contra-ataque rápido pela esquerda e cruzou rasteiro na área, deixando o atacante do Liverpool na boa só para empurrar a bola para o fundo das redes. 

Ficha do jogo 

BRASIL 2
Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda, Filipe Luís; Casemiro, Paulinho (Fernandinho), Coutinho (Firmino); Willian (Marquinhos), Gabriel Jesus e Neymar. T: Tite

MÉXICO 0
Ochoa; Alvarez (Jonathan dos Santos), Salcedo, Hugo Ayala, Gallardo; Rafa Márquez (Layún), Herrera, Guardado, Vela, Lozano; Chicharito Hernández (Raúl Jiménez). T.: Juan Carlos Osorio

Local: Arena Samara, em Samara (RUS)
Juiz: Gianluca Rocchi (ITA)
Cartões amarelos: Casemiro e Filipe Luís (BRA); Álvarez, Hector Herrera, Guardado e Salcedo (MEX)
Gols: Neymar (BRA), aos 5min, e Roberto Firmino (BRA), aos 43min do segundo tempo 


 

Veja também

Sport ganha retorno de Thiago Neves e mais dois para enfrentar o Corinthians
Futebol

Sport ganha retorno de Thiago Neves e mais dois para enfrentar o Corinthians

Quase sete anos após a Copa de 2014, Arena Pantanal ainda está inacabada
Futebol

Quase sete anos após a Copa de 2014, Arena Pantanal ainda está inacabada