[Imagens] Brasil é vice em evento em piscina de onda

Primeira edição do WSL Founders Cup aconteceu neste final de semana, no Surf Ranch, piscina de ondas artificiais

Felipe Toledo teve a única nota 10 do WSL Founders Cup, ainda na fase classificatóriaFelipe Toledo teve a única nota 10 do WSL Founders Cup, ainda na fase classificatória - Foto: Kelly Cestari/WSL

O Brasil terminou com a segunda colocação na primeira edição da WSL Founders Cup, competição entre países realizada no Surf Ranch, a piscina de onda artificial do onze vezes campeão mundial Kelly Slater. A equipe brasileira, formada por Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipe Toledo, Silvana Lima e Tainá Hinckel, foi superada pelo Time Mundo na final.

Leia também:
Medina e Filipinho brilham em evento na piscina de Slater

A decisão do torneio foi realizada neste domingo (6) e ainda contou com os EUA, que foram os melhores na fase classificatória, mas terminaram na terceira colocação na final. O time brasileiro se classificou para a decisão como segundo melhor, seguido pelo Time Mundo, enquanto Austrália e Europa se despediram com a quarta e quinta colocação, respectivamente, e pararam ainda no classificatório.

O Brasil começou a final do Surf Ranch, a piscina de onda artificial, com a vitória de Gabriel Medina na primeira bateria contra Michel Bourez (Time Mundo) e John John Florence (EUA). Depois, Tainá Hinckel ficou em terceiro na segunda bateria, que foi vencida por Lakey Peterson (EUA) e ainda teve Bianca Buitendag (Time Mundo).

Na sequência, Kanoa Igarashi (Time Mundo) venceu a quarta bateria contra Adriano de Souza e Kolohe Andino (EUA). Já Silvana Lima garantiu mais uma vitória brasileira na quarta bateria da final e superou Carissa Moore (EUA) e Paige Hareb (Time Mundo).

Até então, o Brasil estava vencendo com sete pontos, seguido pelo Time Mundo, com quatro pontos, e os EUA, com três pontos. Porém, o time brasileiro levou a virada na última bateria do dia: Filipe Toledo ficou em terceiro e viu Jordy Smith (Time Mundo) vencer para ficar com o título, enquanto Kelly Slater (EUA) acabou em segundo. Desta forma, o Brasil terminou a final com sete pontos no somatório, contra oito do Time Mundo, enquanto os EUA conquistaram quatro pontos.

WCT

A piscina de ondas artificiais de Kelly Slater será palco ainda da oitava etapa da primeira divisão feminina e masculina da Liga Mundial 2018, entre os dias 6 e 9 de setembro. Chama atenção a janela pequena em relação às demais provas do ano. É que, por conta da certeza de ondas constantes, as disputas fluem sem interrupções. 




Veja também

Acompanhe todos os lances de Sport x Grêmio, pela Série A do Campeonato Brasileiro
SÉRIE A

Acompanhe todos os lances de Sport x Grêmio, pela Série A do Campeonato Brasileiro

Por indisciplina, Mikael é cortado de partida e multado pelo clube
Sport

Por indisciplina, Mikael é cortado de partida e multado pelo clube